Trecho de atoleiro na BR-156 no Norte do AP é liberado, mas PRF não recomenda tráfego noturno

peixe-post-madeirao

Trecho de atoleiro na BR-156 no Norte do AP é liberado, mas PRF não recomenda tráfego noturno

peixe-post-madeirao
Trecho de atoleiro na BR-156 no Norte do AP é liberado, mas PRF não recomenda tráfego noturno


Orientação acontece devido o não apoio de máquinas durante a noite na região. Interdição no quilômetro 764 da rodovia durou cerca de 16 horas. Caminhões atolados na BR-156, no Amapá
PRF/Divulgação
O trânsito no quilômetro 764 da BR-156, no Norte do Amapá, foi liberado nesta terça-feira (6) após diminuição do atoleiro no local causado pelas fortes chuvas do inverno amazônico.
No entanto, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) não recomenda o tráfego noturno da região, já que o trabalho de máquinas para apoio a veículos atolados acontece apenas durante o dia.
A interdição do trecho ocorreu das 18h de segunda-feira (5) até as 10h desta terça-feira. A situação interrompeu a passagem de caminhões e veículos de passeio.
A BR-156 é a única ligação terrestre até o município de Oiapoque, a 590 quilômetros de Macapá. A espera pelo asfaltamento da rodovia já dura 40 anos.
Veja o plantão de últimas notícias do G1 Amapá
ASSISTA abaixo o que foi destaque no AP: