Semed participa do encontro estadual de Busca Ativa Escolar em Ji-Paraná

peixe-post-madeirao

Semed participa do encontro estadual de Busca Ativa Escolar em Ji-Paraná

peixe-post-madeirao

A Prefeitura de Ji-Paraná, por meio da Secretaria Municipal de Educação (Semed), participa do Encontro Estadual de Busca Ativa Escolar (BAE). O evento foi realizado pela Secretaria de Estado da Educação (Seduc) e aconteceu, em Ji-Paraná, nesta quarta-feira (28), no auditório do Hotel Maximus (2º distrito), e contou com representantes dos 52 municípios de Rondônia.

O objetivo do encontro foi para alinhamentos, a partir da análise dos dados e indicadores do período de 2021 a 2023, para subsidiar o planejamento das ações dos municípios e do estado na revisão dos Planos de Busca Ativa Escola. Assim, ficam garantidos a intersetorialidade e compromisso dos agentes envolvidos no combate à exclusão e ao abandono escolar.

A programação do evento contou com um panorama do percurso da garantia de direito à educação, realizado pelo professor Kary Jean Falcão, debate sobre a importância do trabalho intersetorial em regime de colaboração entre estado e municípios rondonienses, direcionado pela professora Liana Silva de Almeida.

A defensora pública, Kesia Abrantes, debateu sobre a parceria do BAE com a Defensoria Pública do Estado. Ainda foi realizada apresentação, análise e discussão de dados do período de 2021 a 2023, pela professora Maria Elizabeth Colaço. O Tribunal de Contas do Estado (TCE) também participou do evento debatendo a metodologia social do sistema de garantia dos direitos à educação, realizado pela auditora Adrissa Maia Campelo.

Os municípios ainda apresentaram as experiências positivas do BAE. A Secretaria de Educação de Ji-Paraná teve papel importante no qual apresentou dados positivos em relação à evasão escolar.

“Nós tínhamos técnicos e supervisores que não sabiam trabalhar com a plataforma, desde o fim do ano letivo de 2022, estamos acompanhando de perto e orientando o acesso às famílias, consequentemente temos tido bons resultados de frequência escolar”, afirmou Eliene Barcelos, coordenadora operacional do BAE no município.

A Rede Municipal de Ensino (RME) recebe mais de sete mil alunos em instituições, subdivididas em Educação Infantil, Ensino Fundamental e Educação de Jovens e Adultos (EJA). O secretário da Semed, Elecimar Batista, reforçou que é inadmissível que, em 2023, ainda se tenha crianças e adolescentes fora de sala de aula e o encontro é importante para buscar cada vez mais estratégias para resgatar os estudantes.