Lote com 36,6 mil doses da CoronaVac chega em Rondônia

peixe-post-madeirao

Lote com 36,6 mil doses da CoronaVac chega em Rondônia

peixe-post-madeirao
Coletiva-4o-Lote-de-Vacina-Contra-Covid-19-36.600-dosse-07.02.2021-foto-Esio-Mendes-2-870x580-1

Rondônia recebeu, neste domingo (7), o quarto lote de vacinas com 36.600 doses da CoronaVac, vacina contra a Covid-19 desenvolvida pelo Instituto Butantan. Após o desembarque no Aeroporto Internacional Governador Jorge Teixeira de Oliveira, toda a remessa foi transportada para a Rede de Frio do Estado, em Porto Velho.

Nesta segunda-feira (8) as doses serão distribuídas para às Regionais de Saúde de Rondônia nos Municípios. Toda a etapa da vacinação é de responsabilidade dos municípios, atendendo às determinações dos Planos de Vacinação apresentados pelos governos Federal e de Rondônia.

De acordo com o Governo de Rondônia até o momento foram enviadas 107.008 vacinas para o Estado, deste quantitativo, 100% dos indígenas aldeados já foram vacinados. Incluindo as doses da nova remessa, será possível imunizar 100% dos idosos com 90 anos ou mais e 64% dos profissionais da Saúde que atuam na linha de frente no combate à Covid-19.

Para a Capital, foram disponibilizadas 9.006 doses, as demais 27.594 serão distribuídas aos municípios. Ana Flora Gerhardt, diretora-geral da Agevisa, explicou a logística de entrega dos imunizantes na segunda-feira (8). “Pensamos na melhor maneira de atender nosso Estado. As vacinas serão entregues nas Regionais de Saúde e em Municípios que não têm regionais simultaneamente”, explicou.

O governador, Marcos Rocha, apresentou as informações sobre as vacinas já entregues em Rondônia e comemorou, o que caracteriza como o início do fim da pandemia, mas ainda assim, pediu envolvimento de toda a população no combate ao vírus. “É o início do processo de cura dessa doença, mas precisamos de apoio, cada um fazendo a sua parte. Essa pandemia atrapalhou todo mundo, mas nós vamos vencer. Somos fortes”, destacou o governador.

O titular da pasta da Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), Fernando Máximo, atualizou os dados sobre a Covid-19 e pediu cautela da população quanto à realização de aglomerações. “É triste. Chegamos ao ponto de enviar pacientes para outros Estados e ainda assim vemos nossa Polícia Militar ter que atuar fechando festas e aglomerações”, ressaltou.

A diretora-geral da Agevisa também pediu participação da população no combate ao coronavírus. “Trabalhamos diuturnamente pensando como vamos fazer para que a querida população de nosso Estado seja atendida, vacinada, para que possamos ser excelência, exemplo para o restante do País”, enfatizou Ana Flora Gerhardt.

Marcos Rocha finalizou pedindo união de todos no processo de combate à pandemia do novo coronavírus.

“É o início do fim da pandemia, mas ela ainda não acabou. Precisamos de apoio para evitar a utilização de leitos de hospital. Temos que amar a nós e ao nosso próximo”, reforçou o governador.

Distribuição

As vacinas serão entregues aos municípios de Guajará-Mirim e Nova Mamoré, Candeias do Jamari e Itapuã do Oeste e nas Regionais de Ariquemes e Ji-Paraná, para serem distribuídas aos municípios adjacentes. Outro veículo seguirá para às regionais de Cacoal e Vilhena e a Regional de Rolim de Moura fará a retirada de suas doses na Regional de Saúde de Cacoal.