Ji-Paraná: Secretaria de Saúde e Igreja Católica no combate ao Covid

peixe-post-madeirao

Ji-Paraná: Secretaria de Saúde e Igreja Católica no combate ao Covid

peixe-post-madeirao
Encontro padres 01

O Secretário Municipal de Saúde, Ivo da Silva, participou de um encontro com os Padres de Ji-Paraná. A reunião aconteceu no prédio da Diocese e teve por objetivo fornecer informações, tirar dúvidas e pedir o apoio dos líderes religiosos na luta pela prevenção do coronavírus.

Além dos Padres, o diretor do Departamento de Vigilância Sanitária, Antelmo Ferreira, também participou da reunião. No encontro foi pedido aos representantes da Igreja Católica, que ajudem no combate ao vírus, orientando a população com informações para se manter em isolamento social, especialmente a população idosa, que é um grupo considerado de risco à Covid-19.

O titular da saúde, Ivo da Silva, ao falar com os religiosos, “pedi que façam o isolamento social e fiquem em casa, levando em conta que vocês são espelhos para muitos fiéis. Precisamos que nossos líderes religiosos nos ajudem informando a população que o problema é grave e que é preciso cada um fazer sua parte para combatê-lo”, destaca o Secretário.

No estado de Rondônia, a Lei nº 4.791, definiu o trabalho das igrejas como essencial em tempos de calamidade pública. Suas direções devem se submeter às regras técnicas do Plano “Todos por Rondônia”, que estabelece regras sanitárias e de segurança que deverão ser seguidas.

“Os Padres, podem reunir os membros de suas comunidades, conscientizando todos no sentido de ajudar a conter o avanço desse vírus. Todos precisam saber que essa curva, que está em ascendência, precisa baixar”, disse Antelmo Ferreira.

Para o administrador da Paróquia São Sebastião, Padre Geremias Gimenes da Silva, “o encontro foi muito produtivo, quando foi possível informar ao secretário de saúde, todas as medidas que já estamos tomando e essencial para tirar dúvidas sobre a doença e obter recomendações sobre ações eficientes a serem feitas para evitar o contágio”, afirmou o padre.