Governo doe stado investiga suposta vacinação errada contra COVID-19 no hospital Cosme e Damião

peixe-post-madeirao

Governo doe stado investiga suposta vacinação errada contra COVID-19 no hospital Cosme e Damião

peixe-post-madeirao
São Paulo - Vacinação contra covid-19 aos profissionais da saúde do Hospital das Clínicas, no Centro de Convenções Rebouças.

O governo do estado está investigando uma denúncia de que cerca de 35 servidores do Hospital Infantil Cosme e teriam sido vacinados contra a COVID-19 em duas doses de fabricações distintas.

De acordo com a denúncia, esse erro teria ocorrido no dia 22.

Os servidores seriam vacinados em segunda dose da Coronavac e em primeira dose da Oxford Astrazeneca, porém, houve confusão na hora da aplicação.

Uma das provas apresentadas na denúncia é o comprovante de imunização entregue aos servidores que haviam sido vacinados mostrando lotes diferentes da vacina entre as duas doses.

O lote de n° 2010040 seria da vacina CoronaVac e o lote de n° 4120Z005 da Oxford Astrazeneca

De acordo com a Secretaria de Saúde de Rondônia – SESAU/RO: “Os profissionais de Saúde inseridos no grupo prioritário, que possivelmente tenham recebido as doses, já estão sendo acompanhados e recebem toda a assistência”.

A Secretaria Municipal de Saúde – SEMUSA, afirmou que também investiga o caso. A aplicação das vacinas é de competência do Município, porém, nesse caso especifico houve o apoio de profissionais do próprio Hospital para aplicar as vacinas nos servidores da unidade.

O Ministério da Saúde já foi informado sobre o caso.  (Rondoniaovivo)