Anvisa pede à Pfizer dados de estudo sobre aplicação de 3ª dose

peixe-post-madeirao

Anvisa pede à Pfizer dados de estudo sobre aplicação de 3ª dose

peixe-post-madeirao
vacinas pfizer

Após a agência reguladora dos Estados Unidos (FDA) autorizar a aplicação emergencial de uma terceira dose da vacina da Pfizer contra a covid para transplantados e pessoas com problemas no sistema imune, a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) pediu à farmacêutica, na manhã de sexta-feira (13), informações dos estudos que estão sendo feitos sobre a utilização de mais uma dose do imunizante.

A Pfizer começou os testes clínicos para verificar segurança e eficácia da terceira dose no dia 19 de julho, com 10 mil voluntários no mundo, incluindo 885 brasileiros.

No ofício enviado, a agência pede para ter acesso aos resultados gerados até o momento pelos estudos, que foram a base para o FDA liberar a aplicação para o perfil descrito acima.

Além dos esclarecimentos, a Anvisa pediu para fazer uma reunião com a farmacêutica na semana que vem, com o objetivo de aprofundar a discussão sobre terceira dose ou doses de reforço de sua vacina. 

No Brasil, nenhum dos imunizantes aplicados tem autorização para aplicar uma dose de reforço. A Anvisa tem aprovada a realização de três estudos clínicos considerando a administração de doses extras das vacinas. (R7)