Vilhena: Quase 90 km de rede de esgoto já instalados

peixe-post-madeirao

Vilhena: Quase 90 km de rede de esgoto já instalados

peixe-post-madeirao
Obras Saae (3)

O Serviço Autônomo de Águas e Esgotos (Saae) iniciou os trabalhos de concretagem da laje que irá receber as estruturas do Centro de Reservação (CR) e da Estação de Tratamento de Esgoto (ETE). A rede de esgoto já foi instalada em 68km de redes condominiais e 20km de redes públicas. Avaliada em mais de R$ 40 milhões, a implantação da rede de esgoto, junto com a ampliação da rede de água, é o maior conjunto de obras da história do município.

“Obras feitas para pensarmos uma cidade a longo prazo. É uma das minhas missões na Prefeitura: projetar e encaminhar o município para ser, de fato, a grande cidade que pode ser. Com o esgoto, por exemplo, salvaremos muitas vidas e daremos qualidade de vida aos vilhenenses. Já com os reservatórios e ampliação da rede de água, teremos segurança hídrica, vamos acabar com a falta de água e economizar muito recurso com bombas de água”, explica o prefeito Eduardo Japonês. 

Nesta primeira etapa, conforme o projeto da Obra de Ampliação e Readequação do Sistema de Abastecimento de Água de Vilhena, será construído um reservatório na Zona de Abastecimento (ZA) 01, que terá 18 metros de diâmetro e quase 9 metros de altura, com capacidade para armazenar 2 milhões de litros de água trata. Já o reservatório da ZA 03 terá 18 metros de diâmetro, quase 7 metros de altura, com capacidade de armazenar 1,5 milhão de litros.

Já a obra de Implantação do Sistema de Esgotamento Sanitário, além do laboratório e da guarita, também contará com uma lagoa facultativa com quase 33 mil metros quadrados, com capacidade para operar com um volume de 54 mil metros cúbicos.

 Com recursos oriundos do governo federal, esse conjunto de obras estão avaliadas em quase R$ 100 milhões, com contrapartida da Prefeitura de Vilhena no valor de R$ 4,2 milhões.