VÍDEO: Biólogo retira sucuri de 3 metros do meio de avenida durante chuva em Porto Velho

peixe-post-madeirao

VÍDEO: Biólogo retira sucuri de 3 metros do meio de avenida durante chuva em Porto Velho

peixe-post-madeirao
VÍDEO: Biólogo retira sucuri de 3 metros do meio de avenida durante chuva em Porto Velho

Biólogo Adriano Martins passava pelo local, quando viu a cobra e correu retirá-la da avenida onde passava vários carros. Um amigo de Adriano filmou o resgate do animal. Biólogo comemora ao devolver sucuri de cerca de 3 metros à mata em Rondônia
Adriano Martins/ arquivo pessoal
Uma cobra sucuri, com cerca de três metros, foi resgatada do meio da avenida Guaporé, no bairro Lagoa, durante a forte chuva que caiu em Porto Velho na noite de quinta-feira (11).
O resgate do animal foi feito pelo biólogo Adriano Martins, que passava pelo local. Ao ver a sucuri correndo risco de ser atropelada, ele desceu do carro, pegou a cobra e o levou para uma região de mata nas proximidades.
Enquanto retirava a sucuri da avenida, um amigo de Adriano fez um vídeo do resgate (assista abaixo).
Biólogo comemora ao devolver sucuri de cerca de 3 metros à mata em Rondônia
Nas imagens é possível ver o biólogo se aproximando da cobra e, com um movimento certeiro, segura a cobra pela cabeça.
No mesmo instante uma mulher aparece e segura a sucuri pela calda. Depois, o biólogo leva o animal para uma região de mata e volta comemorando o resgate.
Adriano Martins é herpetólogo, ou seja, biólogo especialista em répteis e anfíbios. Ele contou ao g1 que a comemoração no final do vídeo foi genuína.
“Sempre que posso resgatar um animal e garantir a integridade dele fico muito satisfeito e sempre comemoro”, contou.
Por conta do período chuvoso, segundo ele, é mais comum ver animais silvestres no perímetro urbano da capital.
O biólogo também demostra preocupação e orienta a população para que os devidos cuidados sejam tomados e que a população não mate o bicho, caso o encontre na rua.
“Moramos e somos cidadãos da Amazônia. É importante preservar a nossa fauna. Atitudes que trazem a integridade de animais como essa garantem a continuidade das espécies da nossa região”, pontua Adriano.
Outro meio é acionar o Corpo de Bombeiros, a Polícia Ambiental ou Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) para fazer o resgate e a soltura em local adequado.