Veja os cuidados necessários para ter samambaias viçosas em casa

peixe-post-madeirao

Veja os cuidados necessários para ter samambaias viçosas em casa

peixe-post-madeirao
madeirao-default-featured-image

Conexão Verde mostra passo a passo do replantio e qual o melhor local para sua planta. Saiba quais os cuidados necessários para ter samambaias viçosas em casa
Samambaia é uma planta de sombra, muito comum em Rondônia por se adaptar bem a umidade. Mas há dúvidas sobre a hora certa do replante ou manutenção da planta. A empreendedora Eunice Pereira explica qual o melhor momento para fazer a planta rejuvenescer (confira no vídeo acima).
“Quando você não aduba, ela começa a definhar. Então tem que observar, porque se não fizer o replante, você precisa fazer a limpeza, tirar os talos secos, abrir mais as folhas (que ficam enroscadas uma na outra) e acrescentar a terra e o adubo”, explica.
Replante
Após a limpeza, retire do vaso e todo o substrato. Se preciso, use uma tesoura para separar as raízes e tirar os excessos. Divida em pequenas mudas e corte os galhos secos.
Prepare em um vaso com boa drenagem, coloque o substrato misturado a fibra de coco. “A proporção é quatro por um. Com essa mistura, o substrato fica mais leve ainda”, afirma.
Acrescente uma colher de adubo de galinha, para ajudar na brotação. “Você não pode colocar muito porque pode queimar a planta”, diz.
Depois, ajuste as mudas à nova terra e distribua da melhor forma, todas no mesmo vaso ou divida em diferentes refratários.
Em cerca de 30 dias, com regas diárias, a planta já deve estar maior, enraizada e bonita.
Dicas para ter uma espécie em casa:
Use um vaso com alça para pendurar. “A samambaia gosta de ficar pendurada, em um local fresco”, explica;
Não deixe a planta exposta ao sol da tarde (caso não seja possível, o manejo deve se intensificado);
Aplique adubo específico a cada 30 ou 60 dias (uma colher de chá para 1 litro de água);
Irrigação no verão deve ser feita diariamente;
Caso a terra vá diminuindo do vaso, acrescente manualmente o substrato leve;
Para multiplicar sem fazer o replantio, um bulbo com raiz é suficiente para iniciar um novo vaso;
Replante deve ser feito a cada 2 anos, principalmente antes do período chuvoso;
Caso precise aplicar defensivo, a dica é fazer no final da tarde.
VÍDEOS: veja mais notícias de Rondônia