Subestação de energia entra em operação em Machadinho D’Oeste, RO

peixe-post-madeirao

Subestação de energia entra em operação em Machadinho D’Oeste, RO

peixe-post-madeirao
Subestação de energia entra em operação em Machadinho D'Oeste, RO

Termoelétrica de óleo a diesel deixa de ser a única fonte de energia na região. Município foi conectado ao Sistema Interligado Nacional. Subestação de energia inaugurada em Machadinho D’Oeste, RO
Energisa/Divulgação
A região de Machadinho D’Oeste (RO) passou a receber o abastecimento de energia pelo Sistema Interligado Nacional essa semana após o início da utilização de uma subestação no município.
Cerca de 12 mil pessoas deixarão de ter a termoelétrica à óleo diesel como única fonte de energia. A nova subestação também evita a emissão de cerca de 36 mil toneladas de CO2 na atmosfera.
Segundo a Energisa, o investimento na área, que inclui os municípios de Theobroma, Vale do Anari e Cujubim, é de R$ 138 milhões, o que envolve a construção de 210 quilômetros de linhas de alta tensão.
Outras obras também estão sendo realizadas em diversas localidades do estado, como a construção de mil quilômetros de linhas de alta tensão e de construção ou ampliação de 20 subestações. Mais de 650 mil moradores devem ser beneficiados.
Leia mais:
Maiores usinas termelétricas de Rondônia devem ser desativadas até 2022
Caminhões com diesel são escoltados até usinas termelétricas em Rondônia
Veja como tirar a 2ª via da conta de luz da Energisa Rondônia
Veja mais notícias de Rondônia