Programa para melhorar produção do leite é lançado em RO com investimento de quase R$ 28 milhões

peixe-post-madeirao

Programa para melhorar produção do leite é lançado em RO com investimento de quase R$ 28 milhões

peixe-post-madeirao
Programa para melhorar produção do leite é lançado em RO com investimento de quase R$ 28 milhões

Agroleite é formado por três projetos que envolvem pesquisa científica, melhoria genética e empreendedorismo. Produção do leite em Rondônia.
Seagri/Divulgação
A cidade Machadinho do Oeste (RO) é palco do lançamento do Programa Agroleite, nesta quinta-feira (12). O projeto lançado pela Secretaria de Estado da Agricultura (Seagri) pretende investir R$ 28 milhões na cadeia produtiva do leite do estado.
Durante o evento, foram realizadas palestras por especialistas e técnicos que destacaram os desafios da pecuária leiteira.
Segundo o presidente da Entidade Autárquica de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater-RO), Luciano Brandão, o programa é voltado à inovação, tecnologia e assistência técnica. “[É para] nossos produtores, em especial o pequeno produtor, se profissionalizarem e aumentarem a produtividade”, disse.
O projeto
O Agroleite é formado por três programas que utilizam valores do Fundo de Investimento e Apoio ao Programa de Desenvolvimento da Pecuária Leiteira do Estado de Rondônia (Proleite). São eles:
Transtec: tem foco na pesquisa científica e tecnologias do sistema de produção.
Investimento: R$ 3.203.493,00.
Inovatec: busca a melhoria do ecossistema, incentivando a educação empreendedora com eventos mais modernos e atrativos. Além disso, incentiva a melhoria genética com práticas de inseminação artificial e fertilização in vitro. Investimento: R$ 8.610.235,00.
Consultec: o objetivo desse projeto é atender mais de 2 mil propriedades rurais com assistência em gerenciamento financeiro e zootécnico. Investimento: R$ 16.038.136,85.
VÍDEOS: veja mais notícias de Rondônia