PF revela superfaturamento de 500% em máscaras vendidas à Sesau para ajudar no combate da pandemia em RO

peixe-post-madeirao

PF revela superfaturamento de 500% em máscaras vendidas à Sesau para ajudar no combate da pandemia em RO

peixe-post-madeirao
madeirao-default-featured-image

Cinco mandados de busca e apreensão são cumpridos pela PF na 3ª fase da operação Dúctil. A Polícia Federal (PF) deflagrou nesta quinta-feira (14) uma operação para combater fraudes na compra emergencial de materiais e insumos hospitalares durante a pandemia da Covid-19. A ação faz parte da Operação Dúctil, que está em sua 3ª fase.
Segundo investigações da PF, máscaras tipo KN95 chegaram a ser vendidas para a Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) com um superfaturamento de 500%.
Ao todo, cinco mandados de busca e apreensão são cumpridos pela PF na 3ª etapa da Operação, sendo dois deles em Goiânia, dois em Manaus e um em São Paulo. Todas as ordens foram expedidas pela 3ª Vara Criminal da Justiça Federal de Rondônia.
O que se sabe até agora:
máscaras KN95, que custam R$ 2,58 a unidade no mercado, eram vendidas à Sesau por R$ 15,30 cada uma;
O valor de sobrepreço pago pelo estado de Rondônia chega a R$ 6.9 milhões;
Reportagem em atualização