Marcos Rogério articula para que transposição de servidores de Rondônia se conclua até 2022

peixe-post-madeirao

Marcos Rogério articula para que transposição de servidores de Rondônia se conclua até 2022

peixe-post-madeirao
marcos rogerio1

Em encontro com o novo presidente da Comissão Especial dos Ex-Territórios Federais de Rondônia, do Amapá e de Roraima (CEEXT), Amado José Bueno Netto, nesta quinta-feira (19), o vice-líder do Governo no Congresso, Marcos Rogério (RO), disse que a transposição dos servidores de Rondônia está cada vez mais próxima de virar realidade. Segundo o parlamentar, é preciso unir forças para fazer justiça a dezenas de trabalhadores que estão há décadas aguardando a validação de seus direitos. “Servidores estão há anos, décadas, esperando por um direito que lhes é assegurado. Temos confiança no trabalho do novo presidente, que tem nosso apoio e de todas as bancadas, para que ele cumpra essa tarefa com êxito”, afirmou o senador.

O nome de Amado Bueno foi publicado hoje no Diário Oficial da União. A CEEXT é responsável pela análise, julgamento de requerimentos de opção dos servidores e enquadramento nos processos de transposição. A portaria do Ministério da Economia também trouxe a nomeação dos novos membros da Câmara de Julgamento – Rondônia. “Essa é uma conquista nossa. Lutamos muito por uma equipe maior. Eu mesmo conversei com o Advogado Geral da União que desse todo suporte e celeridade para tratar desse assunto. A missão é espinhosa, mas eu tenho certeza de que é uma medida de justiça a quem merece”, destacou Marco Rogério.

Ao parlamentar, o novo presidente da CEEXT garantiu que essa é uma pauta importante para o Governo federal e que a comissão trabalhará para que até 2021 a situação esteja resolvida. “É uma pauta importante para o Ministério da Economia, para o Governo federal, e nossa expectativa é de que esse trabalho se conclua até o ano que vem, da melhor forma possível”, assegurou. A transposição dos servidores de Rondônia é uma bandeira antiga de Marcos Rogério. Desde que era deputado federal, o atual senador tem lutado para fazer justiça aos servidores rondonienses.