Mais de 60 mil portovelhenses não tomaram a 1ª dose de vacina contra Covid e quase 100 mil não tomaram a 2ª

peixe-post-madeirao

Mais de 60 mil portovelhenses não tomaram a 1ª dose de vacina contra Covid e quase 100 mil não tomaram a 2ª

peixe-post-madeirao
Mais de 60 mil portovelhenses não tomaram a 1ª dose de vacina contra Covid e quase 100 mil não tomaram a 2ª

Na primeira dose, os principais atrasados são jovens entre 20 a 30 anos. Mesmo fora do prazo é preciso completar a imunização para obter uma boa resposta imune. Vacina contra Covid-19 em Porto Velho
Leandro Morais/Prefeitura de Porto Velho
Em Porto Velho 60.842 pessoas ainda não tomaram a 1ª dose da vacina contra a Covid-19, conforme dados divulgados pela prefeitura da capital nesta terça-feira (23). Os principais atrasados são jovens entre 20 a 30 anos.
Já com relação a 2ª dose, 98.543 portovelhenses não retornaram para completar o ciclo vacinal.
Esse cenário preocupa a Secretaria Municipal de Saúde (Semusa), já que o não comparecimento pode resultar em aumento de infecções pela Covid-19 e consequentemente o aumento de mortos.
Atualmente, o intervalo entre a 1ª e a 2ª dose é de 28 dias. E a dose de reforço é para todas as pessoas a partir dos 18 anos que tenham tomado a 2ª dose há pelo menos 120 dias.
Covid-19: entenda a importância de tomar a segunda dose da vacina
A segunda dose garante a eficácia da vacina, aumentando a produção de anticorpos. Mesmo fora do prazo é preciso completar a imunização para obter uma boa resposta imune. A vacina não protege só quem se vacina, ela cria uma barreira na comunidade, diminuindo as possibilidades de alguém se infectar, segundo especialistas em infectologia ouvidos pelo g1.
VÍDEOS: veja mais notícias de Rondônia