Maioria dos mortos por covid-19 em Rondônia é formada por homens

peixe-post-madeirao

Maioria dos mortos por covid-19 em Rondônia é formada por homens

peixe-post-madeirao
Boletim Covid: Rondônia tem 7 novas mortes e 273 casos da doença neste domingo (23)

A Secretaria Estadual de Saúde (Sesau) divulgou nesta terça-feira (20), dados que mostram o avanço da covid-19 em pessoas do sexo masculino e em quem tem idade superior a 60 anos, em Rondônia.

Desde o início da pandemia, diversos estudos publicados nas mais variadas revistas científicas do mundo, afirmavam que os idosos tinham mais chances de serem vítimas do coronavírus, devido a fragilidade do estado de saúde desse grupo da população, o que facilitava no avanço do vírus.

No levantamento pela plataforma E-Sus, a faixa etária que mais foi vítima do coronavírus e lidera esse triste ranking, foram de pessoas que tinham entre 60 e 69 anos. O total é de 1.486 óbitos nesse grupo.

Em segunda colocação no ranking por idade, aparecem pessoas entre 70 e 79 anos, como as que mais morreram por complicações causadas pela covid-19. Ao todo são 1.379 óbitos, de acordo com a Sesau.

O terceiro grupo mais afetado foi entre quem tinha idade variando de 50 e 59 anos. O total também ultrapassa a casa dos mil mortos, com 1.157.

Na curva decrescente, o quarto grupo que mais teve mortes por covid-19, foi de pessoas com idades na faixa dos 40 anos. Foram 725 óbitos, desde o início da pandemia.

A Sesau divulgou também, que os homens foram os que mais morreram em decorrência da covid-19. Do total de óbitos, 3.590 (58,2%) foram pessoas do sexo masculino e 2.582 (41,8%) do sexo feminino.

Desde o primeiro óbito confirmado, Rondônia tem atualmente 6.295 vidas perdidas para a covid-19.