Jovem é assassinado com faca e suspeito do crime é linchado até a morte por moradores em Porto Velho

peixe-post-madeirao

Jovem é assassinado com faca e suspeito do crime é linchado até a morte por moradores em Porto Velho

peixe-post-madeirao
Jovem é assassinado com faca e suspeito do crime é linchado até a morte por moradores em Porto Velho


Gedeon da Silva foi capturado por populares e morreu após ser espancado por moradores. Maurício Dias, de 19 anos, foi golpeado com uma facada por Gedeon horas antes, deste ser morto. Caso ocorreu em Porto Velho no último domingo
Marcelino Neto/O Câmera
Um jovem de 19 anos, identificado como Maurício Dias dos Santos, foi assassinado a facadas por um “amigo” durante uma discussão no bairro Pantanal em Porto Velho na tarde deste domingo (13). Horas mais tarde, a polícia recebeu um chamado de linchamento e, no local, descobriram que a pessoa morta por moradores era Gedeon Prudêncio da Silva Filho, o suspeito de matar Maurício.
Morte de Maurício
De acordo com o boletim de ocorrência, por volta das 16h30 do domingo, a polícia foi acionada para atender um caso de tentativa de homicídio no bairro Pantanal.
Ao chegarem no local, os policiais se depararam com Maurício Dias caído no chão e com uma perfuração, aparentemente de faca, do lado esquerdo do tórax.
A equipe do Samu foi acionada. O jovem, após receber os primeiros socorros, foi encaminhado à Unidade de Pronto Atendimento (UPA).
Uma testemunha, irmã do suspeito do crime contra a vítima, disse que Maurício estava usando entorpecentes com Gedeon e que, em determinando momento, ela ouviu Gedeon agredindo e esfaqueando a vítima.
Depois de ouvir a testemunha, foi realizado um patrulhamento pelas proximidades com o intuito de encontrar o suspeito, porém sem sucesso. Os policiais ainda se deslocaram à Upa para saber o estado de saúde da vítima e lá foram informados que Maurício havia falecido por conta da gravidade dos ferimentos.
Linchamento popular
Três horas mais tarde da morte de Maurício, a polícia foi acionada para atender uma ocorrência de roubo na rua Cândido Portinari, no bairro Escola de Polícia. No local haviam várias pessoas em um tumulto.
A guarnição percebeu que no telhado de uma residência da rua estava Gedeon, e várias pessoas queriam capturá-lo.
Com a chegada da guarnição, as pessoas que estavam em cima da casa desceram. De acordo com o boletim de ocorrência, não foi possível identificar quem estava no telhado. Depois de ouvir alguns populares, um policial subiu no telhado e viu Gedeon caído dentro do forro.
Foi acionada uma equipe médica do Samu, mas Gedeon estava morto. Os médicos apontaram que a causa da morte foi pancadas na cabeça.
O corpo de Gedeon foi retirado e encaminhado ao IML. A perícia realizou os trabalhos no local. Populares narraram que o linchamento foi devido ao homicídio cometido por Gedeon horas antes.