Já pensou em torrar café na pipoqueira? Saiba como utilizar a técnica que dura apenas dois minutos

peixe-post-madeirao

Já pensou em torrar café na pipoqueira? Saiba como utilizar a técnica que dura apenas dois minutos

peixe-post-madeirao

Com apenas três itens é possível torrar os grãos do café. Aroma e cor são os pontos cruciais de análise. Veja como torrar café na pipoqueira
Com uma pipoqueira elétrica e um bom olfato, qualquer pessoa pode torrar o próprio café em apenas dois minutos. Para o g1, Pedro Foster, integrante do projeto Fuzz Cafés, usou a técnica com uma amostra do café canéfora robusta amazônico (veja no vídeo acima).
Os grãos dessa receita foram produzidos em Novo Horizonte do Oeste (RO), por Poliana Perrut de Lima, vencedora da categoria de fermentação induzida canéfora no ‘Coffee of the Year 2021’. O concurso foi realizado em novembro, durante a Semana Internacional do Café (SIC).
Para essa receita você vai precisar de:
Uma pipoqueira elétrica,
uma balança e
35 gramas de grão de café cru.
Passo a passo
Pese 35 gramas de grãos do café de sua preferência e deixe separado;
Ligue a pipoqueira na potência máxima e deixe esquentar por um momento;
Coloque o café pesado na pipoqueira.
É preciso ficar atento ao aroma e cor do café, até que ele atinja o grau de torra desejado. O ponto ideal exige aproximadamente dois minutos, mais que isso é possível que o café queime. Enquanto torra, o grão solta uma “película” que é totalmente normal, segundo Pedro.
“A torra é bem rápida, a gente usa só o ar quente que fica circulando, dois minutinhos e acabou. Quando estourar, igual milho de pipoca, significa que entrou na fase final e tem que ficar de olho para não queimar no café”, comenta.
Quando o café atingir o ponto, basta retirar da pipoqueira, resfriar, moer e utilizar no preparo da bebida de sua preferência. Simples e prático.
VÍDEOS: veja outras notícias do Rondônia Rural