Família do menino que ‘contou ao Papai Noel’ ter medo que pai mate a mãe vive fugindo de ameaças, diz conselheira tutelar

peixe-post-madeirao

Família do menino que ‘contou ao Papai Noel’ ter medo que pai mate a mãe vive fugindo de ameaças, diz conselheira tutelar

peixe-post-madeirao
Família do menino que 'contou ao Papai Noel' ter medo que pai mate a mãe vive fugindo de ameaças, diz conselheira tutelar

Menino escreveu uma cartinha ao Papai Noel dos correios pedindo uma carreta de brinquedo e relatando o medo de perder a mãe. Ele e a irmão são acolhidos pelo Conselho Tutelar de Rolim de Moura (RO) desde 2013. “Meu medo é que meu pai mate minha mãe”, conta criança em carta ao Papai Noel em Rondônia
Reprodução/Blog do Noel
A família do menino que contou ao Papai Noel ter medo que o pai mate a mãe é acolhida pelo Conselho Tutelar de Rolim de Moura (RO) desde 2013. Segundo a conselheira responsável pelo caso, a maioria dos atendimentos não são concluídos porque a mãe troca sempre de endereço para fugir das ameaças do ex-marido.
“Ela [a mãe] disse que realmente o seu ex-marido a ameaça. Até disse que é por conta disso que às vezes ela se muda porque quando ele localiza o endereço dela ele vai até a casa faz ameaças”, conta a conselheira tutelar Silvana Lima.
O relato do menino foi encontrado pelo g1 em uma cartinha direcionada ao Papai Noel dos Correios e encaminhado à empresa responsável pela campanha e ao Conselho Tutelar da cidade onde ele mora.
Quando tomou conhecimento do caso, o conselho foi em busca do novo endereço da família e entrou em contato com a mãe que confirmou as ameaças. Segundo a conselheira, a mulher tem medo de registrar boletim de ocorrência.
Conselheira comenta caso do menino que contou ao Papai Noel ter medo que o pai mate a mãe
“Ela disse que não faz o boletim de ocorrência porque ele ameaça tanto ela quanto a mãe dela”, conta Silvana.
O Conselho Tutelar informou que orienta a mulher sobre a necessidade de denunciar o caso à polícia para que as medidas cabíveis sejam tomadas. Enquanto isso, o caso foi encaminhado pelo órgão até a Delegacia da Mulher de Rolim de Moura que deve investigar o caso.
LEIA TAMBÉM:
‘Meu pai bate na minha mãe’: menina escreve pedido de socorro em prova, e polícia abre inquérito após resgatar mulher em RO
VÍDEOS: veja mais notícias de Rondônia