Estados do Norte participam de oficina para elaborar novo Plano de Recursos Hídricos

peixe-post-madeirao

Estados do Norte participam de oficina para elaborar novo Plano de Recursos Hídricos

peixe-post-madeirao
Em Porto Velho, rio Madeira deve iniciar descenso a partir da próxima semana, informa CPRM

Nesta terça-feira (4), será realizada a última das oficinas promovidas pelo Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR) para discutir a elaboração do Novo Plano Nacional de Recursos Hídricos (PNRH), que será valido para o período de 2022 a 2040. Dessa vez, o evento vai reunir representantes dos estados da Região Norte (Acre, Amazonas, Amapá, Pará, Rondônia, Roraima e Tocantins). O evento conta com o apoio da Agência Nacional de Águas e Saneamento Básico (ANA) e do Conselho Nacional de Recursos Hídricos (CNRH).

Bacias

O evento é voltado a representantes do Poder Público, de órgãos gestores estaduais de recursos hídricos, de comitês de bacias hidrográficas de rios estaduais e da União, do Conselho Nacional e de Conselhos Estaduais de Recursos Hídricos e outros atores interessados. As atividades serão realizadas das 9h às 12h e das 14h às 17h.Às 11 horas, o secretário nacional de Segurança Hídrica do MDR, Sérgio Costa, participa de um debate com os secretários estaduais da região responsáveis pela gestão hídrica. Em pauta, os avanços e desafios da área Região Norte.
“É muito importante a construção do PNRH junto com os estados. Precisamos focar neste horizonte até 2040, em melhoria da gestão e sustentabilidade. Cuidar dos nossos recursos hídricos é uma missão dada pelo ministro Rogério Marinho. A água precisa ser mais bem valorizada para garantir seu uso eficiente como indutor do desenvolvimento regional. O Plano Nacional é uma plataforma adequada para essas discussões”, destaca Costa. O debate será transmitido pelo YouTube do MDR.