Conexão Verde ensina duas formas de fazer a suculenta reproduzir: com terra e sem terra

peixe-post-madeirao

Conexão Verde ensina duas formas de fazer a suculenta reproduzir: com terra e sem terra

peixe-post-madeirao
Conexão Verde ensina duas formas de fazer a suculenta reproduzir: com terra e sem terra

Replantio é simples, mas exige cuidado. Confira os itens necessários e passo a passo. Para os pais de plantas que ainda não sabem como fazer a pequena suculenta se multiplicar, o Conexão Verde desta semana buscou dicas de replantio e cuidados com a planta. Os passos são simples, mas exigem cuidado.
Existem duas formas possíveis de de fazer a planta se reproduzir. Confira:
Primeira forma: com terra
Itens necessários
1 recipiente plástico (como na imagem abaixo);
Recipiente utilizado para reprodução da suculenta
Ruan Gabriel
Terra preta;
Casca de arroz;
Palha de café;
Carvão;
Esterco;
1 borrifador para regar;
1 vaso de plantas pequeno;
Passo a passo
É necessário retirar as folhinhas saudáveis da suculenta, cuidadosamente. Junto com as folhas, precisa ver a gema: uma parte branca bem pequena da planta (como na imagem abaixo). A gema é fundamental porque é ela que vai gerar a nova muda.
Folha da suculenta com a gema
Ruan Gabriel/Rede Amazônica
Em um recipiente plástico, adicione a terra preta misturada com casca de arroz, palha de café, carvão e esterno.
Não enterre as folhas! Elas devem apenas ser “deitadas” sobre a terra depositada no recipiente;
Folhas de suculenta para a reprodução
Ruan Gabriel/Rede Amazônica
Regar a planta com um borrifador uma vez por dia. Dependendo da umidade, pode fazer um intervalo de até 3 dias na rega. É importante que a terra esteja sempre úmida.
Esse período de enraizamento dura aproximadamente um mês. Após esse período, caso a muda esteja bem desenvolvida, basta movê-la para um vaso de plantas pequeno. Novamente não se deve enterrar a planta, apenas depositar ela no recipiente com a raiz para baixo.
Não pode arrancar a folha que deu vida ao ramo antes que ele esteja bem desenvolvido.
Não arrancar a folha que deu vida ao ramo da suculenta.
Ruan Gabriel/Rede Amazônica
Também não é indicado mover a muda diretamente para um vaso grande. Caso isso aconteça, ela poderá gastar toda energia tentando criar raízes grandes o suficiente para ocupar o vaso.
Segunda forma: sem terra
Itens necessários
1 recipiente plástico
1 borrifador
1 vaso de plantas
Terra preta
Passo a passo
Apesar de exigir menos recurso, a reprodução sem terra também exige cuidados na remoção das folhas. Elas também precisam estar com a gema;
No recipiente de plástico deposite as folhas com a gema para cima ou deitadas;
Reprodução da suculenta sem terra
Ruan Gabriel/Rede Amazônica
Borrifar as folhas com água por sete ou 10 dias.
Quando as raízes começarem a aparecer nas folhinhas, basta colocá-las em um vaso de planta pequeno, também sem enterrar. Uma vez no vaso, a rega deve ser feita diretamente na terra e não na planta.

1xVelocidade de reprodução0.5xNormal1.2×1.5x2x

Veja outras notícias de Rondônia