Projeto da Rota do Cacau em Rondônia Beneficia 3 Mil Produtores em 43 Municípios

peixe-post-madeirao-48x48

Projeto da Rota do Cacau em Rondônia Beneficia 3 Mil Produtores em 43 Municípios

peixe-post-madeirao

niciativa do Governo Federal visa impulsionar empreendedorismo e cooperativismo na produção de cacau.

Desde outubro, Rondônia integra a Rota do Cacau, uma ação do Governo Federal através do Ministério da Integração e Desenvolvimento Regional (MIDR), com o propósito de beneficiar cerca de 3 mil produtores distribuídos em 43 municípios do estado. A estratégia visa estimular o empreendedorismo, cooperativismo e a inclusão produtiva, proporcionando escalabilidade na produção e facilitando a comercialização em diversas localidades.

O estado, que é o quarto maior produtor de cacau no Brasil, busca aumentar sua competitividade e aproveitar o vasto potencial amazônico. Com uma produção ocupando aproximadamente 10 mil hectares, majoritariamente em pequenas propriedades de agricultores familiares, a Rota do Cacau tem potencial para gerar renda e oportunidades.

Diagnóstico e Projetos Estratégicos:

A implementação da Rota do Cacau em Rondônia envolveu oficinas para diagnosticar a produção local e desenvolver projetos estratégicos. Foram abordados aspectos como insumos, produção, comercialização, agregação de valor, sustentabilidade e infraestrutura. O resultado desse processo culminou em uma carteira de projetos voltados para impulsionar o desenvolvimento dos produtores locais.

Um comitê gestor foi estabelecido para garantir a governança do polo, trabalhando em colaboração com o Governo Federal na concepção e implementação dos projetos. O MIDR buscará recursos para concretizar essas iniciativas.

Para Deoclides Pires, produtor de cacau, a aproximação do MIDR com os produtores é de grande relevância. “Eu vejo com bons olhos a implementação da Rota do Cacau. Só de virem ver a realidade em que vivemos e trabalhamos já é muito importante”, comentou.

Investimento Adicional:

Em julho, o MIDR aprovou o repasse de R$ 1 milhão para estruturar um laboratório de estudo de solos e água na Universidade Federal do Pará (UFPA), atendendo os produtores locais.

O projeto da Rota do Cacau em Rondônia é parte de uma série de iniciativas nacionais que abrangem diversas áreas, desde biodiversidade até moda, tecnologia e comunicação.