Viveiro das Letras fica em 1º lugar em Seminário Internacional

peixe-post-madeirao

Viveiro das Letras fica em 1º lugar em Seminário Internacional

peixe-post-madeirao
pvh biblioteca1

O Seminário Internacional Biblioteca Viva, que acontece de 2 a 6 de agosto, no formato virtual, selecionou a Biblioteca Municipal Viveiro das Letras, de Porto Velho, em primeiro lugar com o projeto “Auditório Virtual Viveiro das Letras”. O projeto da biblioteca foi apresentado com outros 85 projetos de todo o país para compor a programação do evento.

O Seminário Internacional vem se firmando como um dos mais importantes eventos desta área em toda a América Latina. É uma das principais iniciativas da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo.

A qualidade dos trabalhos exigiu uma seleção criteriosa. Foram selecionados seis trabalhos para a modalidade “Painel” e mais 15 para a sessão de pôsteres, que são originários de 17 municípios de 10 Estados e Distrito Federal, de todas as regiões brasileiras.

Apresentação

A equipe do projeto Auditório Virtual Viveiro das Letras, composta pelas professoras Danúbia Medeiros e Michelle Medeira, fará a apresentação do projeto ao vivo para os participantes do seminário.

Os participantes poderão acompanhar gratuitamente palestras e mesas redondas, trocar experiências, dialogar com quem produz literatura, interagir com novas ideias, integrar-se em novas ações e conhecer alternativas para aprimorar cada vez mais as bibliotecas brasileiras.

Reconhecimento

Este é o terceiro evento em que a Biblioteca Viveiro das Letras recebe o reconhecimento dos seus projetos.

O primeiro foi na Câmara Municipal de Porto Velho, em 2019, quando foi conferida Moção de Aplausos ao Projeto Superação Pré-Enem, da Prefeitura de Porto Velho. Neste projeto, a Biblioteca Viveiro de Letras atende 120 estudantes que se preparam para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), porta de entrada para as universidades.

Servidores

A segunda premiação da biblioteca municipal aconteceu também em 2019, no Seminário de Biblioteconomia da Universidade Federal de Rondônia (Unir). Toda a equipe de servidores da Viveiro das Letras recebeu certificados pelos projetos desenvolvidos junto à comunidade como o Clube da Leitura, Projeto Jovem na Biblioteca, Cidade Ilustrada (com pintura dos artistas nos ônibus em 2017), Cursos de Extensão para a comunidade local em parceria com a Unit, desfile de moda comunitária e empoderamento da mulher, dentre outros.

O projeto “Auditório Virtual Viveiro das Letras”, produziu artigos de análises literárias para o público e ainda fez parcerias com clubes de leitura de instituições públicas e comunitárias.

Os escolhidos têm 15 minutos para apresentar a experiência, com transmissão ao vivo via canal do SisEB no Youtube.

Funcionamento

O diretor da biblioteca, Alexandre Dourado, destaca que por conta da pandemia, a instituição não “fechou as portas virtualmente”. Segundo ele, estão disponíveis downloads gratuitos de livros clássicos, sugestões de leituras, um bate-papo literário com análise crítica de livros e ainda o auditório virtual, que é um espaço com palestras de professores, artistas, escritores e pesquisadores.

Em 2020, a Biblioteca Viveiro das Letras precisou se reinventar para atender ao público e criou o site: https://bibliotecaviveirodasletras.page.link/br

Qualquer estudante ou amante da literatura pode acessar o conteúdo digital 24 horas por dia.