Prefeitura de Porto Velho debate intercâmbio cultural com cidade italiana

peixe-post-madeirao

Prefeitura de Porto Velho debate intercâmbio cultural com cidade italiana

peixe-post-madeirao
Intercambio_Cultural-George_Fonseca-04_06_21-01

As prefeituras de Porto Velho e Barge, cidade do norte da Itália, iniciaram estudos para estabelecer intercâmbio na área cultural. Os entendimentos estão sendo articulados através da primeira-dama Ieda Chaves e o vice-cônsul da Itália no Brasil, Cláudio Guastella. A proposta foi debatida com a presença do Prefeito Hildon Chaves em reunião virtual, nesta sexta-feira (4).

O artista plástico Bruno Souza é o intermediário entre as prefeituras. Ele é autor de obras instaladas em diversos pontos de Porto Velho. “Enviei quadros de minha autoria, como temas amazônicos, para exibição em uma amostra na Itália. As obras foram bem recebidas e surgiu o interesse de fazer algo maior para fazer com que outros artistas daqui sejam mais conhecidos”, explica Bruno.

A intenção das duas prefeituras é promover uma mostra internacional com artistas de Porto Velho e de Barge. Este será o primeiro passo para viabilizar o intercâmbio de pinturas e fotografias. Ao mesmo tempo, deve ser estabelecida uma forma facilitada de trânsito dos artistas entre um país e outro.

Bruno Souza é famoso por obras expostas em Porto Velho. Uma delas é a de “Manelão”, o empresário que organizou durante décadas a Banda do Vai Quem Quer, o maior bloco carnavalesco do estado. A escultura foi recentemente inaugurada no Mercado Cultural, no centro da cidade.

O prefeito Hildon Chaves comentou sobre a possibilidade de realização do intercâmbio: “Acredito que tão logo amenize a pandemia, poderemos discutir o início desta interação. Haverá ganho cultural para Porto Velho, que terá a chance de exportar a sua produção artística para outro continente”, afirmou.

A cidade de Barge fica na região do Piemonte, próxima à fronteira com a França e é famosa por seu acervo e mostras culturais.