Porto Velho chega aos 109 anos com parque de iluminação pública reformulado

peixe-post-madeirao

Porto Velho chega aos 109 anos com parque de iluminação pública reformulado

peixe-post-madeirao

Cidade centenária, Porto Velho celebra, nesta segunda-feira (2), 109 anos de criação. Um dos maiores e mais populosos municípios da região Norte do Brasil vivencia, atualmente, uma verdadeira revolução no seu parque de iluminação pública.

Porto Velho tinha ainda 102 anos quando a primeira gestão do prefeito Hildon Chaves teve início. Na época, a capital e seus distritos somavam apenas 23 mil pontos de iluminação. As lâmpadas a vapor de sódio davam a cidade um tom ocre. Nos bairros mais periféricos e nos distritos o cenário era ainda pior com ruas em completa escuridão.

“Porto Velho praticamente não possui iluminação pública de qualidade e eficiente. A situação nos distritos era ainda mais preocupante. Logo nos primeiros anos, corrigimos isso, com a troca por lâmpadas fluorescentes e ampliamos o número de pontos. Isso iniciou um novo momento para a capital, mas sabíamos que tínhamos condições de oferecer um cenário melhor”, lembra o prefeito.

E foi o que ocorreu. A partir de 2022, a Prefeitura, por meio da Empresa de Desenvolvimento Urbano (Emdur), deu início ao programa Proled, que promoveu a ampliação e troca do antigo modelo por lâmpadas de LED.

LED

O resultado, hoje, é que o número de pontos de iluminação saltou de 23 mil para 70 mil. Deste total, 27 mil já funcionam com luminárias de LED. Os benefícios, conforme detalha o presidente da Emdur, são significativos para os moradores e cofres da Prefeitura.