Ji-Paraná: Isaú Fonseca recebe mototaxistas no pátio da Prefeitura

peixe-post-madeirao

Ji-Paraná: Isaú Fonseca recebe mototaxistas no pátio da Prefeitura

peixe-post-madeirao
REUNIÃO MOTOTÁXIS (4)

Nesta segunda-feira (27), mais de 100 mototaxistas se reuniram informalmente com o Prefeito Isaú Fonseca (MDB), no pátio do Palácio Urupá, sede da Prefeitura de Ji-Paraná. Os profissionais estavam acompanhados do presidente da classe, pastor João Batista, para debater sobre a entrada, segundo eles, ilegal dos aplicativos de transporte de passageiros em motos, no município de Ji-Paraná.

“Nossa demanda aqui hoje, com o prefeito Isaú, é buscar solução, junto com nosso pastor presidente, João Batista, porque estão entrando com o aplicativo de transporte de passageiros aqui na nossa cidade. É uma atitude ilegal, é clandestina. Essas pessoas não estão preparadas, não fizeram cursos e nem treinamentos para o transporte de passageiros”, afirmou o mototaxista Jocimar da Silva Vitória.

Boa parte dos mototaxistas alegou estar alinhada com o Prefeito Isaú Fonseca. Sendo assim, os profissionais afirmam ter liberdade para conversar e trazer as demandas da classe diretamente ao chefe do Poder Executivo, porque confiam nele para defender os direitos dos trabalhadores que agem na legalidade.

Maneira legal

O mototaxista Agnaldo Boldi Saith, que atua no município há mais de dez anos, afirmou que os mototaxistas trabalham de maneira legal e que os aplicativos podem trazer riscos aos passageiros.

“Estamos trabalhando legalmente e eles querem implantar o aplicativo aqui de qualquer maneira. Inclusive passando por cima da lei, e nós não temos suporte. Não há demanda de passageiros para táxis, mototáxis, aplicativos e ônibus. Precisamos do apoio do Prefeito Isaú, para que não sejamos prejudicados”, concluiu.

Mobilidade

O Prefeito Isaú convocou a presença do presidente da Autarquia Municipal de Trânsito e Transportes (AMT), Oribe Alves Júnior, e determinou que ele faça cumprir a lei, referente aos aplicativos de mobilidade urbana.

“Pedi, ao presidente da AMT, que oriente [os aplicativos] a não agir na contramão da lei. Pois, aqui em Ji-Paraná, não será permitido que ajam fora dela. Ao mesmo tempo, aviso aos mototaxistas, que estão trabalhando com aplicativos, que parem. Pois se não pode para os aplicativos, também não pode para vocês. Quem trabalhar ilegal será devidamente responsabilizado”, afirmou Isaú Fonseca.