Jair Montes defende investimentos para evitar apagões e mais respeito ao consumidor

peixe-post-madeirao

Jair Montes defende investimentos para evitar apagões e mais respeito ao consumidor

peixe-post-madeirao
jair montes

Ao participar na manhã desta sexta-feira (13), de visita técnica da Comissão de Minas e Energia da Câmara Federal à sede da empresa concessionária de energia Energisa, o deputado estadual Jair Montes (Avante ) aproveitou para defender investimentos para assegurar a pronta distribuição de energia confiável para os consumidores, além de questionar a Energisa acerca do cumprimento de leis estaduais em vigor, que defendem os usuários; e também uma atendimento mais humanizado ao cidadão por parte da empresa.

“O primeiro ponto que abordei no encontro foi a necessidade de investimentos que garantam que Rondônia não vai sofrer apagões. É garantir energia confiável para o cidadão, para o setor público, para o pequeno, médio e grande empresário; para o produtor rural e para todos os usuários que devem ser uma prioridade do trabalho da empresa”, destacou Jair Montes.

Melhorias

Como relator da CPI da Energisa e um dos deputados estaduais que mais tem cobrado melhorias da concessionária, o deputado ressaltou durante a reunião diversos pontos que beneficiem o consumidor.

“Estou cobrando da Energisa a eficiência energética para todo estado de Rondônia. E o tratamento humanizado ao consumidor como por exemplo,

que a empresa doe aos clientes geladeiras. Trocar a geladeira antiga que gasta mais por novas que possam consumir menos energia. Isso é investimento no consumidor.”

Do encontro, participaram o deputado federal Léo Moraes (Podemos), que trouxe a Comissão para Rondônia, o superintendente da Aneel, André Ruelli, o coordenador geral de Monitoramento da Expansão da Transmissão do Sistema Elétrico do Ministério das Minas e Energia, Victor Protázio, a promotora Daniela Nicolai, o defensor público Sérgio Muniz, o presidente da Emdur Porto Velho, Gustavo Beltrame, além de representantes da Energisa, de diferentes setores.