Anderson propõe Banco de Alimentos para minimizar a fome e o desperdício de comida

peixe-post-madeirao

Anderson propõe Banco de Alimentos para minimizar a fome e o desperdício de comida

peixe-post-madeirao
anderson

O deputado estadual Anderson Pereira (PROS) encaminhou ao Poder Executivo, com cópia à Secretaria de Estado da Assistência e do Desenvolvimento Social (SEAS), uma indicação onde propõe a criação do Banco de Alimentos do Estado de Rondônia. O objetivo é captar recursos financeiros e doações de alimentos para promover a distribuição, através de entidades previamente cadastradas, à uma parcela da população que se encontra em situação de vulnerabilidade alimentar e nutricional.

A instituição do programa no estado é uma forma de trabalhar para alcançar a erradicação da fome ou, ao menos, conseguir minimizá-la em Rondônia. A atuação se dará de forma solidária, organizada e responsável por meio do combate ao desperdício de alimentos, recebendo em espaço físico adequado, produtos com qualidade e próprios para o consumo, mas que seriam desperdiçados em supermercados, sacolões, feiras, hortas, entre outros.

Lugar na mesa

Assim, frutas, verduras ou outros itens alimentícios que, ao final do dia, os produtores rurais, estabelecimentos comerciais, industriais e a comunidade em geral não conseguirem comercializar, devem ganhar lugar na mesa dos munícipes que não têm acesso regular à alimentação.

Indústria

De acordo com a proposição, pessoas físicas e jurídicas, responsáveis por estabelecimentos como indústria, comércio, cozinha, restaurante, mercado, feiras ou semelhantes poderão se habilitar como colaboradoras do projeto, realizando doações regulares e periódicas, de maneira a permitir o equacionamento dos repasses às instituições, não sendo permitido o encaminhamento direto de doações à entidades, pois a organização do Banco de Alimentos existirá justamente para garantir a segurança alimentar e equalizar o fluxo entre os beneficiários.