Travesti é morta a tiros em esquina na Zona Sul de Macapá; criminoso fugiu

peixe-post-madeirao

Travesti é morta a tiros em esquina na Zona Sul de Macapá; criminoso fugiu

peixe-post-madeirao
Travesti é morta a tiros em esquina na Zona Sul de Macapá; criminoso fugiu

Assassinato aconteceu por volta de 21h na Avenida Diógenes Silva com Rua Barão de Mauá, num conhecido ponto de prosituição no bairro Buritizal. Esquina onde ocorreu o homicídio

Uma travesti foi morta a tiros na noite de quinta-feira (8) num ponto de prositituição na esquina da Avenida Diógenes Silva com Rua Barão de Mauá, no bairro Buritizal, na Zona Sul de Macapá.

Segundo a Polícia Militar (PM), ela foi abordada por um homem e baleada após uma discussão.

O celular dela foi levado, mas dinheiro que ela tinha na carteira foi deixado. A PM adiantou que foram pelo menos dois disparos na costa.

O Corpo de Bombeiros ainda foi acionado para atendimento de urgência, mas ela morreu no local. Na carteira de identidade da travesti constava o nome de Max Corrêa Braga.

Amigos de “Maquita”, como era chamada, estavam no local, mas não quiseram falar com a reportagem. Limitaram-se a dizer que ela estava recentemente em Macapá vinda da comunidade de Paredão, em Ferreira Gomes, interior do estado.

‘Maquita’ morreu antes mesmo da chegada do atendimento médico

Fonte: G1 Amapá