Plano de Ação sobre política de educação inclusiva é apresentado durante Encontro de Acolhimento às Mães Atípicas

peixe-post-madeirao-48x48

Plano de Ação sobre política de educação inclusiva é apresentado durante Encontro de Acolhimento às Mães Atípicas

peixe-post-madeirao

Participaram do encontro estudantes, pais, professores, servidores, autoridades e membros da comunidade

Nesta terça-feira (14), o governo de Rondônia promoveu o “Encontro de Acolhimento às Mães Atípicas das Escolas da Rede Estadual de Porto Velho”. O evento, fruto de uma parceria entre a Secretaria de Estado da Educação (Seduc), a Secretaria de Estado da Assistência e do Desenvolvimento Social (Seas) e a Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), marca o início da Semana Nacional da Maternidade Atípica, instituída pelo Congresso Nacional em 2020, e que se comemora, anualmente, na terceira semana de maio.

Em consonância com a legislação federal e a recente lei estadual, que institui a Semana da Mãe Atípica em Rondônia, o encontro visa não apenas reconhecer a importância das mães na educação de crianças com autismo, mas também fomentar o diálogo, a troca de experiências e o fortalecimento dos laços entre escola e família.

PLANO DE AÇÃO

Além das palestras e momentos de sensibilização, o evento também marca a apresentação do Plano de Ação sobre a política de educação inclusiva, resultado de um trabalho conjunto entre a Seduc, Seas, Sesau,  Secretaria de Estado de Planejamento, orçamento e Gestão (Sepog) e a Controladoria-Geral do Estado (CGE-RO), sob a supervisão do Tribunal de Contas do Estado de Rondônia (TCE-RO). O plano abrange seis eixos fundamentais para a criação de uma rede de apoio abrangente, visando à identificação precoce, integralidade do atendimento, formação e capacitação, ambientes inclusivos, parcerias interinstitucionais e sensibilização pública.

Segundo a titular da Seduc, Ana Pacini, este evento ressalta o compromisso do Estado em promover a inclusão e o acolhimento na educação. Encontros como este fortalecem a construção de uma sociedade mais inclusiva e igualitária, onde todas as crianças, independentemente de suas diferenças, tenham a oportunidade de desenvolver seu potencial”, ressaltou.

PARTICIPAÇÃO

Para a mãe atípica Maria Souza, a presença e a participação das mães são essenciais nesse processo. “É importante nos unirmos nessa luta conjunta que envolve mães, filhos e diversas instituições, na intenção de que o ambiente escolar se torne cada vez mais inclusivo e acolhedor”, ressaltou.

Participaram do encontro estudantes, pais, professores, servidores, autoridades e membros da comunidade.

O post Plano de Ação sobre política de educação inclusiva é apresentado durante Encontro de Acolhimento às Mães Atípicas apareceu primeiro em Governo do Estado de Rondônia.