Pavilhão Brasil encerra participação na Expo Dubai

peixe-post-madeirao

Pavilhão Brasil encerra participação na Expo Dubai

peixe-post-madeirao
brasil_expo_2020_dubai_emirados_arabes_unidos_tmazs_abr_2302220968

Segundo ApexBrasil, o espaço recebeu mais de 2 milhões de visitantes

Desde o dia 1º de outubro, quando teve início a Expo Dubai, nos Emirados Árabes Unidos, até ontem (31), quando a feira se encerrou, o Pavilhão Brasil recebeu mais de 2,1 milhões de visitantes e foi um dos cinco mais visitados do evento. Só no último dia da Expo, o Pavilhão Brasil, que atraiu autoridades, investidores e curiosos interessados em conhecer o país, recebeu a visita de 42.424 pessoas.

A informação foi confirmada hoje (1) pela Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (ApexBrasil), coordenadora e organizadora do pavilhão, vinculada ao Ministério das Relações Exteriores.

A estrela do Pavilhão Brasil, que atraiu muitas visitas, foi um espelho d’água, inspirado no Rio Negro, que compõe a Bacia Amazônica. A instalação proporcionou ao visitante uma experiência imersiva e sensorial. De dia, ele buscava recriar um oásis, com uma lâmina rasa de água ocupando metade de sua área. À noite, ele dava origem a um espetáculo de luzes.

“Quando apresentamos a ideia para os organizados da Expo, a primeira pergunta foi se pretendíamos que os visitantes interagissem com a água. E sim, pretendíamos isso. Montamos toda uma estrutura para que a água fosse reutilizada e tratada o tempo todo. O projeto foi muito pensado pela equipe de arquitetura, que é brasileira, e de instalação, que conta também com profissionais de Portugal. A água foi reutilizada e, ao mesmo tempo, não apresentou nenhum risco de contaminação aos visitantes”, disse Marcelo Savio, analista da Coordenação de Expo 2020 Dubai e Projetos Especiais da ApexBrasil.

Público frequenta a Expo 2020 Dubai, nos Emirados Árabes Unidos
Público frequenta a Expo 2020 Dubai, nos Emirados Árabes Unidos – Tomaz Silva/Agência Brasil

O megaevento em Dubai foi utilizado pela ApexBrasil para aprofundar laços comerciais com os Emirados Árabes Unidos e países do Oriente Médio. “Acho interessante o número enorme de delegações que vieram ao parque e também vieram para fazer agendas complementares no ambiente de Dubai. Eles tomaram consciência das oportunidades e receberam informações de como fazer negócios por aqui.

A Expo foi muito além do parque de exposições, houve missões de vários setores e de vários estados que puderam aprender e conhecer mais sobre o país. Isso vai se desenvolver em relacionamento, em negócios e em parcerias futuras”, disse Karen Jones, chefe de Operações do Escritório da ApexBrasil.

Com o fim da exposição e o desmonte de toda a estrutura, a estrutura metálica que foi utilizada no Pavilhão Brasil será destinada a uma empresa que reutilizará o material.

Expo

As Exposições Mundiais são realizadas a cada cinco anos. Dubai foi selecionada em 2013 para sediar a edição de 2020, mas teve de ser adiada devido à pandemia. Nesta edição, Dubai abrigou pavilhões de 192 países que mostraram ao mundo o que há de melhor em seus territórios. Em 2025, será a vez da cidade japonesa de Osaka.