Organização criminosa é investigada por fraude no auxílio emergencial em Porto Velho

peixe-post-madeirao-48x48

Organização criminosa é investigada por fraude no auxílio emergencial em Porto Velho

peixe-post-madeirao

A PF (Polícia Federal) deflagrou a Operação Checker, em combate ao crime de estelionato utilizado para fraudar valores originados do Programa Assistencial do Governo Federal, o Auxílio Emergencial. A ação ocorreu na manhã desta quarta-feira (4). Os agentes cumpriram cinco mandados de busca e apreensão

Segundo a PF, a investigação iniciou em 2022, a partir de notícias da atuação de um grupo criminoso especializado no crime de estelionato contra a Caixa Econômica Federal, para percepção indevida do Auxílio Emergencial, programa do Governo Federal, criado durante a pandemia para garantir uma renda mínima aos trabalhadores de baixa renda.

Integrantes

Através das investigações foi possível identificar os integrantes da organização criminosa que atuavam em Porto Velho.

Os investigados responderão pela prática dos crimes de estelionato majorado e organização criminosa, cujas penas somadas podem alcançar 13 anos de reclusão. ‘Checker’, nome dado à operação, faz referência ao modus operandi utilizado pela organização criminosa, que se valia de um aplicativo de mesmo nome para operacionalizar a prática do crime.