• TRE-RO realizará bate-papo eleitoral com o tema Propaganda Eleitoral em Meios Digitais nesta quarta-feira (4)
    on agosto 4, 2021 at 4:39 pm

    O evento será transmitido ao vivo por meio do canal do TRE-RO, a partir das 19h O Tribunal Regional Eleitoral de Rondônia, por meio da Escola Judiciaria Eleitoral (EJE), irá realizar na noite desta quarta-feira, 4 de agosto, a partir das 19 horas, uma nova edição do bate papo virtual com o tema Propaganda Eleitoral em Meios Digitais.O evento contará com mediação da EJE-RO, e com a participação do servidor do Tribunal Regional Eleitoral do Ceará, Caio Silva Guimarães. O bate-papo virtual faz parte do programa Quartas Eleitorais e poderá ser assistido através do canal da Justiça Eleitoral em Rondônia no YouTube, através do link https://youtu.be/hcoGd7iBfvM. Seção de Comunicação Social do TRE-RO Veja mais

  • Ex-presidentes do TSE desde 1988 se unem em defesa da democracia
    on agosto 2, 2021 at 5:31 pm

    18 autoridades reforçam e garantem à sociedade brasileira a segurança, transparência e auditabilidade do sistema eletrônico de votação Documento assinado nesta segunda-feira (2) por todos os ex-presidentes do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) desde a Constituição Federal de 1988, além do atual presidente, ministro Luís Roberto Barroso, e dos futuros presidentes, ministro Edson Fachin e Alexandre de Moraes, reforça a segurança do processo eletrônico de votação brasileiro.Conforme destacaram no documento, “eleições livres, seguras e limpas são da essência da democracia. No Brasil, o Congresso Nacional, por meio de legislação própria, e o TSE, como organizador das eleições, conseguiram eliminar um passado de fraudes eleitorais que marcaram a história do Brasil, no Império e na República”.Acrescentam que, desde 1996, quando houve a implantação do sistema de votação eletrônica, jamais se documentou qualquer episódio de fraude nas eleições. Nesse período, o TSE já foi presidido por 15 ministros do Supremo Tribunal Federal. Ao longo dos seus 25 anos de existência, a urna eletrônica passou por sucessivos processos de modernização e aprimoramento, contando com diversas camadas de segurança.O documento lembra que as urnas eletrônicas são auditáveis em todas as etapas do processo, antes, durante e depois das eleições. Todos os passos, da elaboração do programa à divulgação dos resultados, podem ser acompanhados pelos partidos políticos, Procuradoria-Geral da República, Ordem dos Advogados do Brasil, Polícia Federal, universidades e outros que são especialmente convidados. É importante observar, ainda, que as urnas eletrônicas não entram em rede e não são passíveis de acesso remoto, por não estarem conectadas à internet. Veja mais

  • Portal do TRE-RO disponibiliza diversos serviços on-line
    on julho 27, 2021 at 4:57 pm

    A página permite consulta, on-line e gratuita, a situação eleitoral, local de votação e emissão de certidões eleitorais, entre outros serviços O Portal do Tribunal Regional Eleitoral de Rondônia é um dos principais meios de comunicação entre a Justiça Eleitoral em Rondônia e os eleitores de todo o estado. Nele, é possível acessar uma série de serviços on-line que abrangem desde a consulta à situação eleitoral e ao local de votação até a emissão de certidões eleitorais e de boletos para a quitação de eventuais multas, entre outras possibilidades.A seção Atendimento ao Público reúne em um só espaço o que o eleitor precisa para estar em dia com a Justiça Eleitoral.Acesso direto aos serviçosEstão disponíveis na seção as seguintes opções de pesquisa, todas com links diretos: balcão virtual, atendimento ao eleitor, assim como os contatos da secretaria e dos telefones referentes aos cartórios eleitorais de todo o estado. Veja mais

  • Resolução n. 8/2021 institui o Plano Estratégico do TRE-RO 2021-2026
    on julho 20, 2021 at 8:46 pm

    Missão, visão, valores e atributos da Justiça Eleitoral rondoniense nortearão as atividades a serem conduzidas nos próximos seis anos O Tribunal Regional Eleitoral de Rondônia divulga por meio da Resolução n. 8/2021 o Plano Estratégico para o período de 2021 a 2026, que define o conjunto de objetivos, indicadores e iniciativas estratégicas que nortearão o cumprimento da missão institucional e alcance da visão de futuro na atuação da Justiça Eleitoral durante o sexênio.As estratégias foram consolidadas de acordo com as diretrizes nacionais de planejamento e gestão estratégica que devem nortear a atuação dos órgãos do Poder Judiciário, estabelecidas na Resolução nº 325, de 29 de junho de 2020, do Conselho Nacional de Justiça – CNJ.O plano será desdobrado em objetivos estratégicos regionais, levando em consideração as peculiaridades locais, assim como os objetivos de desenvolvimento sustentável da agenda 2030 da ONU. Agenda 2030 é composta por 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável e 169 metas a serem atingidas no período de 2016 a 2030, relacionadas a efetivação dos direitos humanos e promoção do desenvolvimento, que incorporam e dão continuidade aos 8 Objetivos de Desenvolvimento do Milênio, a partir de subsídios construídos na Rio+20.As metas nacionais e os objetivos estratégicos do TRE-RO, no seu conjunto, buscam atender aos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável. Neste sentido e por meio do Plano Estratégico 2021-2026, o TRE-RO está totalmente alinhado aos propósitos da Agenda 2030. Veja mais

  • Ações do TSE incentivam maior participação feminina na política
    on julho 20, 2021 at 7:23 pm

    Objetivo é garantir e aumentar a presença das mulheres nos espaços públicos de poder Com especial atenção aos números de uma representatividade que cresce a passos lentos a cada eleição e, mais do que isso, a quem está por trás desses números, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) tem, nos últimos anos, se posicionado de forma decisiva na luta por mais mulheres na política no Brasil.Elas são maioria entre os 150 milhões de eleitores, somando 53%. No entanto, são minoria nos cargos de representação. Nos últimos 195 anos, a Câmara dos Deputados por exemplo, teve 7.333 deputados, incluindo suplentes. Apesar de conquistarem o direito de serem eleitas em 1933, as mulheres ocuparam somente 266 cadeiras nestes quase 90 anos.Atualmente, a cidade de Palmas (TO) é a única capital comandada por uma prefeita no Brasil. Em todo o país, foram escolhidas, nas Eleições Municipais de 2020, 666 mulheres para comandar prefeituras, entre os 5.463 eleitos. Isso representa cerca de 12% do total de eleitos. Já para as câmaras municipais, foram 9.277 vereadoras eleitas (16%), contra 48.265 vereadores (84%).Com números assim, dá para entender por que o Brasil está no fim da fila dos países com baixa representação feminina na política, ocupando a 142ª posição entre 191 nações citadas no mapa global de mulheres na política da Organização das Nações Unidas (ONU) e o 9º lugar entre 11 países da América Latina em estudo da ONU Mulheres. Veja mais

  • Repositório de Dados Eleitorais permite pesquisas aprofundadas sobre os candidatos de cada eleição
    on julho 16, 2021 at 7:57 pm

    Ferramenta oferece informações sobre todas as eleições de 1945 a 2020 Nas Eleições 2020, mais de 22 mil donas de casa se candidataram e nenhuma foi eleita. Nas eleições municipais anteriores, em 2016, a realidade não foi diferente: 24.434 candidatas declararam ter como ocupação os trabalhos domésticos e, da mesma forma, nenhuma eleita. Outra profissão muito apontada pelos candidatos, em 2020, foi a de agricultor, porém com resultado mais positivo nas urnas. Foram 38.070 agricultores candidatos e, desses, 6.165 eleitos.A ocupação com maior índice entre os eleitos em 2020 foi a de vereador. Dos 24.793 candidatos, 13.116 foram eleitos. Em 2016, o índice positivo de aprovação nas urnas para os candidatos que apontaram ter essa ocupação também foi alto: 13.000 eleitos para 24.349 candidatos.Encontrar dados assim e poder analisá-los com mais propriedade é uma tarefa que fica mais fácil com o auxílio do Repositório de Dados Eleitorais, um banco de dados completo disponível no Portal do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). À disposição para consulta de qualquer interessado, a página reúne informações das Eleições de 1945 até 2020 e oferece arquivos que podem ser baixados por meio de softwares estatísticos.O Repositório é uma importante ferramenta que garante a transparência das informações geridas pela Justiça Eleitoral. Criado em 2009, antes mesmo da Lei de Acesso à Informação (Lei nº 12.527/ 2012), e constantemente aprimorado desde então, o RDE disponibiliza, no formato de planilhas, as informações completas sobre candidatos, eleitorado, resultado de eleições, comparecimentos e abstenções, partidos, pesquisas eleitorais, prestação de contas eleitorais e partidárias e a produção jurisdicional do TSE. Veja mais

  • Título Net facilita atendimento remoto para alistamento e alteração de dados eleitorais
    on julho 16, 2021 at 5:49 pm

    Ferramenta possibilita tirar o título eleitoral, consultar dados e quitar débitos eleitorais O Título Net é um sistema da Justiça Eleitoral destinado à solicitação de alistamentos eleitorais, transferências de domicílio e revisão de dados cadastrais. Por meio dele, a eleitora ou o eleitor brasileiro pode requerer a primeira via do título (alistamento), a mudança de município (transferência), a alteração de dados pessoais, modificar o local de votação e ainda fazer a revisão eleitoral ou regularizar inscrição cancelada.Todo o serviço pode ser feito pela própria pessoa, munida dos documentos necessários (foto, documento pessoal – RG, CNH ou passaporte, comprovante de residência e certificado de quitação do serviço militar) em atendimento digital disponível pela Justiça Eleitoral de forma gratuita, bastando seguir os passos a seguir:Vá no campo Eleitor e eleições no topo da página principal do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e clique no tópico Título Eleitoral. Em seguida, clique em Tire seu Título. A partir daí basta preencher as informações que se pede para realizar o atendimento remoto.Confira como tirar o 1º título eleitoral. Veja mais

  • Participe da definição das Metas da Justiça Eleitoral para 2022
    on julho 16, 2021 at 4:42 pm

    Pesquisa ficará disponível de 16 a 28 de julho A partir desta sexta-feira (16), o TSE e os 27 Tribunais Regionais Eleitorais promovem consulta pública para ajudar a formular as metas da Justiça Eleitoral para 2022. Os resultados apurados na pesquisa servirão de base para instituir os princípios de gestão participativa e democrática na elaboração das metas nacionais do Poder Judiciário e das políticas judiciárias do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), conforme determina a Resolução nº 221, de 10/05/2016, do CNJ. Para garantir um resultado satisfatório, é importante a participação não só de profissionais que atuam na Justiça Eleitoral (servidoras, servidores, colaboradoras e colaboradores e magistradas e magistrados) como também dos parceiros institucionais do TRE-RO e de toda a sociedade. A consulta pública estará disponível até o dia 28 de julho e pode ser acessada aqui. Qualquer pessoa pode auxiliar na construção de um Judiciário cada dia mais útil à sociedade. Participe. Seção de Comunicação Social do TRE-RO Veja mais

  • Confira os acessos rápidos dos serviços e contatos do TRE-RO
    on julho 13, 2021 at 9:23 pm

    O atendimento remoto é realizado no horário de 11h às 18h Visando preservar a saúde da população e servidores, a Justiça Eleitoral em Rondônia permanece com o atendimento presencial suspenso e ampliou os serviços online para que você possa ser atendido sem sair de casa.Por meio do site do TRE-RO na internet (www.tre-ro.jus.br) você pode requerer a primeira via do título (alistamento), mudança de município (transferência), alteração de dados pessoais, bem como regularização de inscrição cancelada.Todos esses serviços estão disponíveis pelo Título Net, sem precisar ir a um Cartório Eleitoral.Caso haja urgência para a regularização da situação eleitoral, entre em contato com a zona eleitoral onde for inscrito para orientações sobre a baixa da multa no sistema. Veja mais

  • TRE-RO Conversação skype externo
    on março 20, 2020 at 9:07 pm

    instrução de acesso do e-mail e do comunicador skype em redes externas