Leiva retorna à Semed e anuncia “possíveis” mudanças administrativas

peixe-post-madeirao

Leiva retorna à Semed e anuncia “possíveis” mudanças administrativas

peixe-post-madeirao
jipa leiva

Este mês de março marca o retorno da professora mestra Leiva Custódio Pereira à frente da Secretaria de Educação de Ji-Paraná. Leiva havia se licenciado do cargo por motivo de gestação. A ex-vereadora e também professora Márcia Regina de Souza, que havia assumido o cargo interinamente, reassume a Superintendência Geral da Pasta.

Já no primeiro dia de atividades, Leiva Custódio convocou reunião com todos os superintendentes da Semed para anunciar o retorno e se colocar a par da situação em uma das secretarias mais importantes da Administração Municipal.

Leiva falou que mesmo a distância estava sempre atenta ao que acontecia na Educação e se disse contente com a coesão e o profissionalismo da equipe técnica montada desde quando assumiu a Semed, em 2013.

“Penso que o mais importante do nosso trabalho é quando a gente consegue montar uma equipe e ver que as coisas acontecem mesmo na sua ausência. Isso é sinônimo de comprometimento. E foi o que aconteceu, tinha certeza que essa equipe continuaria comprometida e que a Márcia (Regina) saberia conduzir esse processo. Portanto só tenho a agradecer a todos e ao prefeito (Jesualdo Pires) por ter oportunizado que esse grupo pudesse continuar o trabalho que estávamos realizando”.

Ainda na reunião, Leiva participou a todos sobre a permanência de Márcia Regina na Semed, a manutenção da equipe técnica e que “existe a possibilidade de que aconteçam mudanças administrativas na forma de organização da Secretaria em decorrência do aumento do número de escolas e de alunos na Rede Municipal de Ensino”.

Substituição

“Gratidão. Esse é o sentimento que traduz esses sete meses à frente da Secretaria de Educação. Foi uma substituição muito feliz porque foi num momento muito importante da vida da Leiva. Todos nós nos respeitamos e aprendemos juntos. Lembro que o Prefeito, quando me convidou para assumir o cargo, me chamou a atenção dizendo que agora eu estaria do outro lado do ‘balcão’, ou seja, tive a experiência de ser vereadora, de solicitar as coisas em nome dos cidadãos, da comunidade e agora estaria na posição de quem recebe e decide essas solicitações”, disse Márcia Regina.