Meta de Porto Velho é ultrapassar 5 mil km de estradas rurais recuperadas

peixe-post-madeirao

Meta de Porto Velho é ultrapassar 5 mil km de estradas rurais recuperadas

peixe-post-madeirao
Estradas vicinais (6)

A manutenção e a recuperação de estradas vicinais da capital fazem parte dos trabalhos prioritários da Prefeitura de Porto Velho para manter os acessos da zona rural em boas condições para o trânsito de moradores e escoamento da produção agrícola. Com essa finalidade, a Secretaria Municipal de Agricultura e Abastecimento (Semagric) pretende ultrapassar 5 mil km de estradas recuperadas em 2021.

Somados os últimos quatro anos, foram mais de 11 mil km de recuperação de estradas na zona rural. O atendimento a estas demandas é uma preocupação da gestão Hildon Chaves desde o primeiro ano de administração. O tráfego seguro é a garantia de que toda a produção agrícola será escoada e chegará aos centros consumidores.

O secretário adjunto da Semagric, Gustavo Serbino, explica que o trabalho inclui a instalação de bueiros, construção de pontes, encascalhamento e outras melhorias. “Entre instalação e reparos de pontes, foram mais de 610 entre 2017 e 2019.

“Neste ano, vamos contar com serviço terceirizado para realizar quase 3 mil km de patrolamento. Outros 3,8 mil quilômetros de recuperação de estradas com encascalhamento serão feitos diretamente pela Semagric”, calcula o gestor.

Tempo

O calendário de atividades da Secretaria é dividido conforme o período climático. Na estiagem o foco é a recuperação total. Na época das chuvas as atenções são voltadas para as ações emergenciais e de recuperação de danos essenciais. “É quando ocorrem problemas com pontes e bueiros e fica inviável a recuperação total das estradas”, diz o secretário adjunto.

Somente neste ano já foram recuperadas estradas nos ramais São Bernardo e São Sebastião, avenidas do setor chacareiro como Amazonas, Alexandre Guimarães, Raimundo Cantuária, entre outras.

A lista inclui ainda a recuperação de toda a extensão da Estrada do Teotônio. No Ramal Caiari, os trabalhos estão em andamento. A Semagric também mandou para o Ramal Areia Branca trabalhadores para que realizem as obras emergenciais de tapa-buracos e remoção dos atoleiros.

No Ramal Três Buritis foram recuperados 5 quilômetros de estrada. Na Estrada dos Japoneses houve manutenção corretiva, no Ramal Cujubinzinho foi providenciada a operação tapa-buracos e serviços emergenciais. Nesta semana estão em andamento serviços no Assentamento Joana Darc, nas linhas 3, 5, 7 e 9, com trabalho emergencial, obras que também acontecem na Linha Progresso.

Ainda fazem parte da lista de serviços executados em 2021 o Linhão de União Bandeirantes, com 40 km de estradas recuperadas e as linhas perpendiculares. Há serviços em andamento nas linhas 7 e 8 dos ramais Abacaxi e Ferrugem.

Em Rio Pardo, na Linha 67, estão programados 100 km de obras. O distrito de Jaci-Paraná também está no pacote com limpeza das ruas, além das vicinais, o que também será feito na Linha 31 de Março. Para o distrito de Abunã estão programados trabalhos na Vila da Penha e linhas 11 e 7 com a construção de uma ponte em parceria com a comunidade e o trabalho emergencial de tapa-buracos. Em Vista Alegre foi feita limpeza de vias urbanas

PARCERIA

Na estrada RO-05 Aliança, acesso ao distrito de São Carlos, há parceria com o Departamento de Estradas e Rodagens (DER). Como a linha principal, que é estadual, tem linhas perpendiculares de responsabilidade do município, o serviço está sendo executado em conjunto.

Para as estradas nas divisas com os municípios de Canutama, pertencente ao Estado do Amazonas, e Nova Mamoré, os termos de cooperação estão sendo redigidos e, após serem assinados, iniciarão os trabalhos de recuperação.

SUPORTE

O maquinário de suporte para estes atendimentos é fundamental. São utilizados 39 caminhões-caçamba, um caminhão-oficina, uma perfuratriz, três caminhões bitrem e várias motoniveladoras. “Em 2017, 60% dos maquinários estavam inutilizados ou em oficinas e, ao final do ano passado, esse índice era de aproximadamente 15%, e isto deve-se ao esforço do Prefeito Hildon Chaves”, afirma Gustavo.

Cada distrito conta com maquinário fixo, mas recebe apoio das equipes itinerantes na realização de obras pontuais.