Hildon Chaves oficializa Capela de Santo Antônio como patrimônio cultural, histórico, material e religioso

peixe-post-madeirao-48x48

Hildon Chaves oficializa Capela de Santo Antônio como patrimônio cultural, histórico, material e religioso

peixe-post-madeirao

O prefeito de Porto Velho, Hildon Chaves, descerrou na manhã de domingo (9) a faixa inaugural da placa que reconhece a Capela de Santo Antônio de Pádua como patrimônio cultural, histórico, material e religioso do município.

“É o reconhecimento público, do nosso município, à importância que essa Capela possui para a nossa cidade, com mais de um século de história e que representa muito de nossa identidade, enquanto porto-velhenses”, disse o prefeito.

Hildon Chaves estava acompanhado da primeira-dama e deputada estadual Ieda Chaves, e da secretária municipal de Indústria, Comércio, Turismo e Trabalho (Semdestur), Glayce Bezerra. Eles foram recebidos pelo padre Sérgio Lúcio.

“A presença do prefeito e demais autoridades, corrobora com a importância desse gesto, desse momento de reconhecimento de nossa Capela histórica. A comunidade agradece por essa iniciativa”, declarou o padre.

Unanimidade

A matéria, de iniciativa do vereador Aleks Palitot, foi aprovada por unanimidade na Câmara Municipal e sancionada pelo prefeito. “Agradeço ao prefeito pela sanção do projeto. O povo já reconhece a importância da Capela, mas agora temos o reconhecimento de fato do município”, completou o vereador.

Missa

A Capela foi erguida às margens do rio Madeira, com a primeira missa celebrada em 1913. Ela fica situada ao lado do antigo marco que separava os municípios de Santo Antônio do Rio Madeira, no Mato Grosso, e Porto Velho, no Amazonas.