Rio Machado passa dos 9 metros em Ji-Paraná, e Defesa Civil monitora chuvas

peixe-post-madeirao

Rio Machado passa dos 9 metros em Ji-Paraná, e Defesa Civil monitora chuvas

peixe-post-madeirao
rio machado (Personalizado)

Chovendo em suas cabeceiras, localizadas na região dos municípios de Pimenta Bueno e Cacoal, o nível do Rio Machado, em Ji-Paraná, subiu bastante nos últimos dias. Na manhã desta segunda-feira (22), a metragem marcava 9,22 cm, enquanto que no primeiro dia do mês era de 6,52cm, somando um aumento de 2,70cm em 22 dias. Com o rio cheio, também surge a preocupação das autoridades quanto à questão de segurança dos usuários, especialmente, banhistas.

Conforme informou o responsável pela anotação diária, Lucenir Saldanha todas as informações sobre a elevação do rio Machado, são repassadas duas vezes ao dia para a Agência Nacional de Águas (ANA), mesmo a agência tendo aparelho eletrônico instalado na ponte sobre o Rio Machado. Ainda segundo Lucenir Saldanha, nos últimos 12 dias, as chuvas se intensificaram bastante, não somente na região de Ji-Paraná, mas principalmente, nos municípios de Pimenta Bueno e Cacoal, cidades onde começa o Rio Machado. “Acredito que o período de chuvas 2021/2022 seja bem superior ao registrado no último ano”, declarou.

Colônia

Sobre a cheia do Machado nos últimos dias, Manoel Batista, presidente da Colônia de Pescadores Z-9, com sede em Ji-Paraná, disse que o nível do rio, registrado neste início de semana, demonstra uma tendência de muita chuva para os próximos dias. “Penso que neste inverno amazônico poderá ter chuvas bem mais alongadas em referência ao mesmo período anterior”, afirmou. Para ele, o aumento do nível da água, favorece a pesca, apesar de já estar em vigor o chamado Período Defeso. (SGC)