Basílica de Nossa Senhora de Nazaré

peixe-post-madeirao

Basílica de Nossa Senhora de Nazaré

peixe-post-madeirao
Basilica-de-Nossa-Senhora-de-Nazaré

A Igreja possui 9 sinos, sendo que o maior pesa mais de 2 toneladas e tem 1,80 m de diâmetro.

Coube ao Sr. Antônio Agostinho a construção da primeira Ermida de Nossa Senhora de Nazaré feita de taipa e pilão onde hoje se situa a Basílica de Nossa Senhora de Nazaré. Em 1799 o governador da época, Francisco Coutinho, idealizou a construção de uma igreja maior e em 12 de setembro de 1852 foi lançada a pedra fundamental da igreja e concluída em 1881 quando foi aberta ao público, mas a Basílica era ainda pequena e decidiu-se construir um novo templo, cuja construção foi iniciada em 24 de outubro de 1909 pelo padre Luiz Zóia; não se tem registro da data exata do término. A Igreja mede 62 metros de comprimento, 24 m de largura e 20 m de altura. Suas torres erguem-se a 42 metros de altura.

A Igreja possui 9 sinos, sendo que o maior pesa mais de 2 toneladas e tem 1,80 m de diâmetro.

A Igreja foi elevada à condição de Basílica em julho de 1923 por um decreto da Santa Sé.

A Igreja de Nazaré, atual santuário, foi projetada em Gênova, em 1909, pelo arquiteto italiano Gino Coppedè e pelo engenheiro Giuseppe Predasso, sob encomenda dos padres barnabitas.

Baseado no livro do historiador paraense Ernesto Cruz.

Fonte: Portal Amazônia