Judô: campeã olímpica, Sarah Menezes será técnica da seleção feminina

peixe-post-madeirao

Judô: campeã olímpica, Sarah Menezes será técnica da seleção feminina

peixe-post-madeirao
sarah_menezes_divulgacao_cob

Equipe nacional terá mais três mudanças na comissão do ciclo de Paris

Medalhista de ouro nos Jogos de Londres (Reino Unido), em 2012, Sarah Menezes será treinadora da seleção feminina de judô durante o ciclo olímpico de Paris (França). O anúncio foi feito pela Confederação Brasileira da modalidade (CBJ), nesta segunda-feira (13). A apresentação será na terça-feira (14), na abertura da seletiva que definirá a equipe nacional de 2022, em Pindamonhangaba (SP).

Sarah se aposentou dos tatames no fim de 2020, após anunciar que estava grávida – a filha, Nina, nasceu em maio deste ano. A piauiense de 31 anos (15 deles na seleção principal) e que também disputou as Olimpíadas de Pequim (China), em 2008, e do Rio de Janeiro, em 2016, terá como coordenadora técnica Andréa Berti, que era responsável pela equipe júnior e esteve nos Jogos de Barcelona (Espanha) e Atlanta (Estados Unidos), em 1992 e 1996, respectivamente.

A seleção masculina será treinada por Antônio Carlos Pereira, o Kiko, que revelou o bicampeão do mundo João Derly e os medalhistas olímpicos Mayra Aguiar (também bi mundial) e Daniel Cargnin. Ele assume o posto em substituição à japonesa Yuko Fujii, que passará a ser a coordenadora técnica da equipe.

Os técnicos Luiz Shinohara, Mario Tsutsui e Rosicléia Campos deixam a seleção. O trio comandou a geração responsável por conquistar 14 medalhas olímpicas e 48 em Mundiais e será homenageado nesta terça, também na abertura da seletiva.

Fonte: EBC