F1: Bottas segura Verstappen, vence a Sprint e fica com a pole do GP de SP; Hamilton larga em último e chega em 5º

peixe-post-madeirao

F1: Bottas segura Verstappen, vence a Sprint e fica com a pole do GP de SP; Hamilton larga em último e chega em 5º

peixe-post-madeirao
valtteri-bottas-mercedes-w12-1

Prova de curta duração tem seu terceiro evento-teste de 2021 em Interlagos, em meio a um fim de semana polêmico com a exclusão de Hamilton da classificação

A corrida Sprint da Fórmula 1 em Interlagos veio para agitar um sábado que já estava pegando fogo no Brasil. E na prova de 24 voltas de duração, Valtteri Bottas fez uma bela largada para se manter na frente e vencer, com Max Verstappen em segundo e Carlos Sainz em terceiro, enquanto Sergio Pérez foi o quarto e Lewis Hamilton o quinto em uma grande prova de recuperação.

Completaram o top 10: Lando Norris, Charles Leclerc, Pierre Gasly, Esteban Ocon e Sebastian Vettel. Com isso, Hamilton, sairá da 10ª posição, já que ainda terá que pagar as cinco posições de punição pela troca do motor de combustão interna.

O sábado em Interlagos pegou fogo, com Hamilton e Verstappen investigados pelos comissários por motivos diferentes. E os resultados também seguiram caminhos distintos.

Uma inspeção do delegado técnico Jo Bauer descobriu que o DRS da Mercedes do heptacampeão se abria mais do que o permitido pelo regulamento. E após um julgamento que durou a noite de sexta e metade do sábado, os comissários anunciaram a exclusão de Hamilton da classificação, levando-o a sair da última posição na Sprint, com a Mercedes confirmando que não apelará.

Já Verstappen era investigado por ter tocado no carro de Hamilton no parque fechado após a classificação, algo proibido pelo regulamento. Mas o holandês foi multado com 50 mil euros e se deu bem com a punição ao britânico, herdando a ‘pole’ da Sprint.

O regulamento determina que os pilotos possam escolher os pneus que usarão na sprint, com isso, tivemos escolhas diferentes. Enquanto Verstappen, Pérez, Hamilton e outros partiram de médios, Bottas, Gasly e Sainz foram alguns dos que optaram pelos macios.

Na largada, Bottas largou melhor e saltou para a ponta, com Verstappen e Sainz subindo para terceiro. O espanhol da Ferrari pressionou o holandês no fim da reta oposta e assumiu a segunda posição, deixando Verstappen e Pérez em terceiro e quarto, sendo pressionado por Leclerc.

No fim da primeira volta, Bottas liderava, com Sainz em segundo a quase 2s, já sendo pressionado por Verstappen, tendo Pérez e Leclerc fechando o top 5. Mais atrás, Hamilton já era 14º, enquanto Raikkonen rodava no S do Senna após um toque de Giovinazzi, caindo para último.

Verstappen finalmente passou Sainz no início da quarta volta, reassumindo a segunda posição, enquanto Hamilton passava Tsunoda e pressionava Giovinazzi pela 12ª colocação.

O holandês iniciou uma caça a Bottas, mas o finlandês se mantinha com mais de 2s de vantagem no início da sétima volta, enquanto Pérez passava a pressionar Sainz pela terceira posição. Já Hamilton encontrava outro desafio pela 11ª posição: Alonso.

Na décima volta de 24, Bottas se mantinha na ponta, mas Verstappen já baixava a diferença para 1s5, graças à escolha de largar de compostos médios. Sainz se mantinha em terceiro a 10s do finlandês, mas com Pérez ainda em sua cola, enquanto Norris assumia a quinta posição após bela manobra em cima de Leclerc no final da reta oposta. Já Hamilton perseguia Ricciardo pela 10ª posição.

Após algum tempo preso atrás de Ricciardo, Hamilton subiu para 10º no início da 13ª volta, tendo à sua frente Vettel, já a menos de 1s de distância, mas com o alemão também podendo abrir asa na disputa contra Ocon, em oitavo. Na frente, Bottas mantinha a diferença para Verstappen na casa de 1s2.

Com os macios de Bottas começando a perder rendimento, Verstappen pôde baixar a diferença para menos de 1s nas voltas seguintes, mas recebeu a instrução da equipe para manter a calma, prevendo ainda mais problemas do finlandês com os pneus. Já Hamilton assumia a sétima posição a oito voltas do fim, tendo agora que recuperar 3s5 de desvantagem para Leclerc em sexto.

A cinco voltas do fim, Bottas se mantinha na ponta, tendo Verstappen a 0s9, 1s1 de diferença. E Sainz acabava sendo um importante aliado de Hamilton. Ao manter Pérez na quarta posição, ele mantinha ainda Norris próximo, enquanto o heptacampeão passava Leclerc para assumir a sexta posição. Ele se encontrava a 1s6 do piloto da McLaren e a 3s do mexicano.

No final, Valtteri Bottas conseguiu segurar Max Verstappen, vencer a Sprint e garantir a pole position para o GP de São Paulo. Completando o ‘pódio’ do sábado ficou Carlos Sainz, que soube segurar Sergio Pérez apesar dos pneus desgastados. Enquanto isso, Lewis Hamilton terminou em quinto, ao passar Lando Norris no S do Senna na entrada da última volta.

Completaram o top 10: Charles Leclerc, Pierre Gasly, Esteban Ocon e Sebastian Vettel. Com isso, Hamilton, sairá da 10ª posição, já que ainda terá que pagar as cinco posições de punição pela troca do motor de combustão interna.

A Fórmula 1 volta a Interlagos no domingo para o GP de São Paulo, 19ª de 22 etapas da temporada 2021. A corrida tem largada marcada para 14h, horário de Brasília, com transmissão da Band. E anote aí: assim que acabar a prova, tem Pódio ao vivo no canal do Motorsport.com no YouTube, com a participação de Felipe Motta e Rico Penteado, com uma análise completa da etapa de Interlagos. Não perca!

Cla#PilotoEquipeMotorVoltasDif. LíderDif.
177Finland Valtteri BottasMercedesMercedes24
233Netherlands Max VerstappenRed BullHonda241.1701.170
355Spain Carlos Sainz Jr.FerrariFerrari2418.72317.553
411Mexico Sergio PerezRed BullHonda2419.7871.064
544United Kingdom Lewis HamiltonMercedesMercedes2420.8721.085
64United Kingdom Lando NorrisMcLarenMercedes2422.5581.686
716Monaco Charles LeclercFerrariFerrari2425.0562.498
810France Pierre GaslyAlphaTauriHonda2434.1589.102
931France Esteban OconAlpineRenault2434.6320.474
105Germany Sebastian VettelAston MartinMercedes2434.8670.235
113Australia Daniel RicciardoMcLarenMercedes2435.8691.002
1214Spain Fernando AlonsoAlpineRenault2436.5780.709
1399Italy Antonio GiovinazziAlfa RomeoFerrari2441.8805.302
1418Canada Lance StrollAston MartinMercedes2444.0372.157
1522Japan Yuki TsunodaAlphaTauriHonda2446.1502.113
166Canada Nicholas LatifiWilliamsMercedes2446.7600.610
1763United Kingdom George RussellWilliamsMercedes2447.7390.979
187Finland Kimi RaikkonenAlfa RomeoFerrari2450.0142.275
1947Germany Mick SchumacherHaasFerrari241’01.68011.666
209Russian Federation Nikita MazepinHaasFerrari241’07.4745.79

Fonte: Motorsport.com