Especialista diz como evitar doenças respiratórias durante o clima seco

peixe-post-madeirao

Especialista diz como evitar doenças respiratórias durante o clima seco

peixe-post-madeirao
Riscos a Saúde Humana - Queimadas - Fotos Saul Ribeiro (3)

Cerca de 170 denúncias de focos de queimada já foram fiscalizadas pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Sema) nos dois últimos meses. Os dados reforçam o alerta dos especialistas em saúde para alguns cuidados específicos com o organismo.

A médica de família e comunidade, Celma Calixto, que atende no Centro de Especialidades Médicas (CEM) de Porto Velho, explica que, após a pandemia da covid-19, houve um aumento na demanda de atendimentos médicos durante o período seco, muito devido às sequelas da doença em alguns pacientes.

“Além das pessoas com predisposição a doenças respiratórias, a covid-19 trouxe outra linha de público que passou a buscar atendimento devido às manifestações respiratórias agravadas neste período seco. Aumentam o número de consultas e internações, causando superlotação da rede pública de saúde. Antigamente, eram crianças e idosos, hoje a demanda aumentou em outras faixas etárias”, detalhou a médica.

Queimadas

Para a especialista, um passo importante para a saúde é a população se conscientizar sobre a prática criminosa das queimadas.

“Temos que evitar as queimadas, tanto as domésticas quanto as rurais, pois a exposição à fumaça da queimada de biomassa é prejudicial. ​U​ma dica é usar, se possível, umidificadores, bacia com água ou um pano úmido nos ambientes. É importante também não deixar de usar máscara, uma vez que ela é importante na filtragem de poeiras que agridem a mucosa respiratória”, disse a médica ao listar a asma, Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica (DPOC), bronquiolite, bronquite, pneumonias e vírus respiratórios como as doenças mais comuns desse período do ano.

Em caso de sintomas leves, a recomendação é para que o paciente busque as Unidades Básicas de Saúde (UBS) e em casos mais graves, como insuficiência respiratória, a orientação é procurar as Unidades de Pronto Atendimento (Upas).

Denúncias

As ocorrências de queimadas podem ser registradas na Sema, através dos telefones 0800-647-1320 e 69 98423-4092 (WhatsApp). Neste último podem ser encaminhadas fotografias e vídeos das ocorrências.