Projeto Social insere jovens no mercado de trabalho em Acre e em Rondônia

peixe-post-madeirao

Projeto Social insere jovens no mercado de trabalho em Acre e em Rondônia

peixe-post-madeirao
Thais Fernanda Leite - juntamente com outros jovens durante o curso

Na semana em que centenas de jovens se preparam para o Enem, 162 jovens, entre 18 e 29 anos, estão tendo a oportunidade de um emprego graças ao curso técnico. Eles participaram do programa Geração Energia, promovido pela Energisa em Rondônia e no Acre, em parceria com a Senai, Sesi, Fiero e Unesco. Agora, estão prestes a terminar o curso técnico de eletricista e disputar uma vaga no setor elétrico. 

Segundo a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios – Contínua (Pnad Contínua), a taxa de desemprego entre jovens de 18 a 24 anos atingiu 29,3%, no terceiro trimestre de 2020. Na contramão da tendência nacional, a Energisa contratou 48 jovens aprendizes em Acre e em Rondônia. Kennedy Gaia (20 anos) conseguiu seu primeiro emprego na Energisa após tentativas em outros setores. “As empresas sempre olham o quanto de experiência a gente tem e, para quem está começando é muito difícil encontrar quem acredite no nosso potencial”, contou. Segundo o jovem, conciliar trabalho e estudo é um aprendizado diário. “Vejo que existem muitas possibilidades para mim dentro da Energisa”, disse.

Segundo a Associação Brasileira de Mantenedores de Ensino Superior (ABMES), em 2018, 28,8% dos estudantes de curso superior abandonaram a faculdade por falta de dinheiro. Embora os dados de 2019 e 2020 ainda não foram divulgados, a ABMES estima que 35% desista do curso superior devido à crise econômica provocada pela Covid-19. Thaís Fernanda Leite de Souza (22 anos) é uma das jovens que precisou trancar a faculdade de Direito. 

Dívida acumulada

“Falta apenas um ano para me formar, mas tenho uma dívida acumulada que precisa ser quitada para retornar. O projeto Geração Energia é uma grande oportunidade que abracei para ingressar no mercado de trabalho e conseguir o dinheiro necessário para o meu sonho de ser advogada”, afirmou Thaís que está fazendo eletrotécnica com a perspectiva de ser contratada nos próximos meses. “Minha expectativa é ser contratada pela Energisa, adquirir experiência e depois de formada em Direito participar de processo seletivo interno para área jurídica. Acredito que a experiência em campo, técnica e superior vai contribuir muito para minha carreira dentro da concessionária”, declarou.

Pandemia

Para Thaís, o ano de 2020 foi particularmente desafiador, pois além da dificuldade financeira, a jovem enfrentou o falecimento da mãe em decorrência de acidente vascular cerebral (AVC) em junho e, posteriormente, a própria jovem foi contaminada pela Covid-19. “Em momentos difíceis, foi o projeto Geração Energia que me deu esperanças, de que os sonhos podem ser realizar, mesmo com trajetórias diferentes daquelas que pensamos inicialmente”, afirmou. A pandemia provocou no mundo um cenário econômico difícil e afetou diretamente os sonhos de milhares de jovens, especialmente os mais carentes. Segundo pesquisa da Fundação Getúlio Vargas, 30% dos jovens brasileiros acreditam que não têm perspectivas de crescer socialmente através do trabalho, colocando o Brasil no 103º lugar em um ranking de 130 países. 

O Geração Energia

 

O Geração Energia é um programa visa despertar nos jovens brasileiros o interesse pelo seu desenvolvimento pessoal e profissional. Utiliza aprendizagem colaborativa, leve, prática e criativa. A iniciativa foi idealizada pelo Grupo Enegisa com o apoio de SENAI, SESI, FIERO e UNESCO. Na primeira fase do projeto, aproximadamente 500 jovens foram capacitados através de plataformas digitais da EduLivre em competências socioemocionais, planejamento, comunicação, educação financeira, cidadania, inteligência emocional e resolução de problemas. Na fase atual, 162 jovens estão sendo capacitados gratuitamente em no SENAI nas capitais de Acre e Rondônia.