“Do Caburaí ao Chuí”: conheça o verdadeiro extremo norte do Brasil

peixe-post-madeirao

“Do Caburaí ao Chuí”: conheça o verdadeiro extremo norte do Brasil

peixe-post-madeirao
Roraima-Monte_Caburai

Diferentemente da expressão popular que perdura com o tempo, o Oiapoque não é o ponto mais extremo ao norte do País.

Você provavelmente já deve ter escutado a expressão “do Oiapoque ao Chuí”, muito utilizada no Brasil para abranger alguma coisa no País que vai de norte a sul. O Chuí é um município localizado no extremo sul do país, no Estado do Rio Grande do Sul.

Já o Oiapoque, mais especificamente a região do Cabo Orange, situa-se no extremo norte do Estado do Amapá. No entanto, apesar de muitos acreditarem que este é o ponto mais “alto” do Brasil, essa informação é um equívoco.

O Portal Amazônia mostra o verdadeiro extremo norte do país: o Monte Caburaí.

A 1.465 metros de altitude, no município de Uiramutã, na fronteira de Roraima com a Guiana Francesa, na nascente do Rio Uailã, está localizado o Monte Caburaí, o ponto mais no extremo norte do país. Ali, estão as terras indígenas dos Ingarikós, separados em 11 comunidades vizinhas.

Apesar da antiga crença de que o Oiapoque é o ponto mais alto, o local se situa pouco mais de 100 quilômetros ao sul que o Monte Caburaí.

Mudando a expressão

O responsável por descobrir o ponto mais ao norte no município roraimense, foi o Capitão Brás Aguiar, chefe da Comissão Brasileira Demarcadora de Limites, em 1931. Já em 1998, uma expedição buscava a nascente do rio Uailã, considerada então o ponto exato do extremo Norte do Brasil.

Confira a explicação do IBGE sobre a mudança:

O geógrafo e professor na Universidade Federal de Roraima, Jaime de Agostinho, em 2016, publicou algumas considerações em relação ao assunto.

Ele explica: “Já em 1931, o Capitão de Mar e Guerra Braz Dias de Aguiar, chefe da Comissão Demarcadora de Fronteiras – Setor Norte – 1a Divisão concluiu que o ponto extremo Norte do Brasil não era o Monte Roraima, mas sim a Serra do Caburaí (Cabutai-tepê na língua indígena local). Segundo o relatório desta mesma comissão, o divisor de águas representado pela Serra do Caburaí tem do lado brasileiro a nascente do Rio Uailã, distante 32 metros no rumo Sudeste do ponto extremo Norte do Brasil. Esta informação, que não é nova, mostra que este conceito deve ser revisto urgentemente pelos autores de nossos livros didáticos adotados nas escolas do Estado e em outras regiões do país que colocam a nascente do Rio Uailã como o ponto extremo Norte do país”.
O professor também informa que tanto Atlas quanto livros didáticos de Geografia “tem mostrado há décadas que o ponto extremo Norte do Brasil é a Serra do Caburaí em função de inúmeros trabalhos divulgados pelo IBGE a partir da década de 50”.
Assim, o extremo norte é no Monte Caburaí, em Roraima, e o Arroio Chuí, que na verdade encontra-se no município de Santa Vitória do Palmar e não no município do Chuí, no Rio Grande do Sul, é o extremo sul.
Fonte: Portal Amazônia