Decisão de Governador de ter ex-secretário como vice causa rusgas entre irmãos

peixe-post-madeirao

Decisão de Governador de ter ex-secretário como vice causa rusgas entre irmãos

peixe-post-madeirao
goncalves

A decisão do Governador Marcos Rocha de indicar o nome do empresário Sérgio Gonçalves para ocupar a vaga de vice em seu projeto de reeleição causou problemas de relacionamento na família Gonçalves.

Assessores ligados ao grupo garantem que os irmãos estão sem se falar por conta da decisão, isso porque o atual chefe da Casa Civil, Junior Gonçalves, irmão de Sérgio foi contra a decisão de Marcos Rocha, tendo em vista a contabilidade política que havia produzido, através da qual ele (Junior) formou entendimento de que o nome para o cargo deveria ser de alguém ligado ao agronegócio e de preferência morador de algum município do interior do Estado.
O estereótipo de vice perfeito idealizado por Junior Gonçalves também era o perfil ideal imaginado pelos deputados que compõem a base governista na Assembleia Legislativa de Rondônia (ALE-RO), bem como dos partidos aliados.

Nos cálculos, segundo o assessor da família Gonçalves ouvido pela reportagem, o leque de nomes era mais vasto e ampliava a possibilidade de um partido aliado conquistar a vaga.

Deputados da base que conversaram com a reportagem confirmaram a rusga entre os irmãos e relataram que o nome de Sérgio Gonçalves foi uma determinação de Marcos Rocha.

“O governador explicou sua decisão dizendo que seu vice tem que ser uma pessoa que ele confia e que vai ajudar na condução da gestão. Ele não quer alguém que possa atrapalhar o processo, como acontece em muitos casos na história da política do Estado”, comentou um dos deputados que tem acompanhado o processo.

Na avaliação geral, o nome de Sérgio é visto com bons olhos entre os governistas. Ex-secretário, Sérgio deixou o Governo meses atrás para dar continuidade a projetos pessoais. Foi ele a ponte entre Marcos Rocha e Junior, irmão que ganhou mais destaque no governo por conta de sua atuação na Casa Civil.

Junior Gonçalves é um dos principais articuladores do projeto de reeleição de Marcos Rocha. Seu posicionamento contrário à indicação do irmão se deu, também, pelas funções que exerce a frente do partido, bem como sua posição de proa na construção das alianças político-partidárias.

A ata da convenção do União Brasil não sofreu alterações e o nome de Sérgio permaneceu como vice na chapa de Rocha. Um dos prefeitos que participou da convenção relatou que o nome do empresário passou com aceitação unânime.

“Apenas uma pessoa pediu para anotar na ata que seria melhor esperar até o último minuto de prazo para indicação do vice, mas ela não foi contra o nome do ex-secretário”, relatou o prefeito ouvido.