Capacitação vai aperfeiçoar banco de dados da imunização

peixe-post-madeirao-48x48

Capacitação vai aperfeiçoar banco de dados da imunização

peixe-post-madeirao

Para qualificar os vacinadores da zona rural de Porto Velho e aprimorar o atendimento oferecido para a população, a Secretaria Municipal de Saúde (Semusa), por meio da Divisão de Imunização, realizou uma capacitação de atualização do banco de dados que contém informações sobre a vacinação da rede municipal.

A capacitação tratou sobre o monitoramento de envio e recebimento de doses, o registro de doses aplicadas e a coleta de dados das coberturas vacinais. O curso teve duração de dois dias e reuniu técnicos e enfermeiros da Semusa das Unidades Básicas de Saúde da Família (USF) Nova Mutum, Jaci-Paraná, União Bandeirantes, Extrema e Nova Califórnia.

Dentre os sistemas que foram temas da atualização estão o e-SUS APS Módulo vacina, utilizado pelas unidades de saúde de atenção básica e o Sistema de Insumos Estratégicos (Sies), onde os municípios fazem as solicitações dos imunobiológicos.

A enfermeira da Divisão de Imunização da Semusa, Marina Martellet, destaca a relevância do curso para melhorias nos serviços.

“É sempre importante manter os vacinadores atualizados, uma vez que isso reflete diretamente na organização da sala de vacina, no controle de dados de estoque, validade e doses aplicadas. Esses dados vão para o Ministério da Saúde e precisam ser registrados em tempo real e com precisão. Isso facilita muito o trabalho, além de maior agilidade na solicitação de insumos e imunobiológicos. E como consequência melhor atendimento à população ”, relata a enfermeira.

Para Isabelly Cujuí, que atua como vacinadora na UBS União Bandeirantes, a acessibilidade ao treinamento contribui significativamente na execução e qualidade dos atendimentos.