Caixa Paga Novo Bolsa Família a Beneficiários com NIS de Final 2

peixe-post-madeirao-48x48

Caixa Paga Novo Bolsa Família a Beneficiários com NIS de Final 2

peixe-post-madeirao

Mães de bebês até seis meses recebem adicional de R$ 50, completando a implementação do novo programa.

Nesta segunda-feira (20), a Caixa Econômica Federal realiza o pagamento da parcela de novembro do novo Bolsa Família aos beneficiários com Número de Inscrição Social (NIS) terminado em 2. Pelo segundo mês consecutivo, mães de bebês de até seis meses recebem um adicional de R$ 50, chamado Benefício Variável Familiar Nutriz, totalizando R$ 16,8 milhões destinados a 349 mil mães neste mês. Com esse acréscimo, o Ministério do Desenvolvimento e Assistência Social, Família e Combate à Fome afirma que a implementação do novo Bolsa Família está concluída.

Além do adicional, o programa também oferece um incremento de R$ 50 a famílias com gestantes e filhos de 7 a 18 anos, e um adicional de R$ 150 a famílias com crianças de até 6 anos. O benefício mínimo é de R$ 600, e com o novo adicional, o valor médio do benefício atinge R$ 677,88. Este mês, o programa alcançará 21,18 milhões de famílias, totalizando um gasto de R$ 14,26 bilhões.

A segunda etapa da qualificação automática de dados do Cadastro Único ocorreu de 11 a 15 de outubro, excluindo 571,34 mil famílias por renda acima das regras do programa. No entanto, outras 260 mil famílias foram incluídas em novembro, graças à política de busca ativa, reestruturando o Sistema Único de Assistência Social (Suas).

Cerca de 2,54 milhões de famílias estão na regra de proteção em novembro, permitindo que aquelas que conseguem emprego e melhoram a renda recebam 50% do benefício por até dois anos, desde que cada integrante receba até meio salário mínimo.

Desde o início do ano, o programa voltou a ser chamado de Bolsa Família, garantindo o valor mínimo de R$ 600 após a aprovação da Emenda Constitucional da Transição. O pagamento do adicional de R$ 150 começou em março, após um pente-fino no Cadastro Único para eliminar fraudes.

No modelo tradicional, o Bolsa Família paga nos últimos dez dias úteis de cada mês, e o beneficiário pode consultar informações no aplicativo Caixa Tem. Neste mês, não haverá o pagamento do Auxílio Gás, retornando em dezembro para beneficiar famílias inscritas no CadÚnico, especialmente mulheres responsáveis pela família e vítimas de violência doméstica.