Café clonal: Delegado Lucas pede distribuição de 150 mil mudas a produtores de Rio Pardo

peixe-post-madeirao-48x48

Café clonal: Delegado Lucas pede distribuição de 150 mil mudas a produtores de Rio Pardo

peixe-post-madeirao

Rondônia deve alcançar em 2023 a maior safra histórica de café. De acordo com estimativa de junho da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), o setor estima colher mais de 3,1 milhões de sacas de 60kg.

Diante do cenário da cultura cafeeira, que não para de crescer, o deputado Delegado Lucas (PP) apresentou na terça-feira uma indicação ao governo do estado para adquirir e distribuir 150 mil mudas de café clonal aos produtores rurais de Rio Pardo.

“O café clonal representa um investimento essencial para os pequenos produtores da nossa região, principalmente porque essa cultura se adapta ao solo e clima. A aquisição dessas mudas tem uma importância crucial e representa o fortalecimento da agricultura familiar, pois teremos novas oportunidades de geração de renda às famílias rurais, valorizando a pequena propriedade”, afirma o parlamentar.

A evolução da cafeicultura no estado de Rondônia tem acontecido devido ao processo de renovação das lavouras, ou seja, substituindo os plantios propagados por variedades clonais. É o que tem apontado os estudos realizados pela Embrapa em propriedades rondonienses.