O CRM-DF é contra o lockdown como medida para controle da transmissão da Covid19

peixe-post-madeirao

O CRM-DF é contra o lockdown como medida para controle da transmissão da Covid19

peixe-post-madeirao
covid-19-teste-2

O Conselho Regional de Medicina do Distrito Federal (CRM-DF) publicou hoje, dia 1 de março, nota se posicionando contra o lockdown decretado pelo governador do DF, Ibaneis Rocha.

De acordo com o CRM-DF, “Tal medida já se mostrou ineficaz, atentatória contra direitos fundamentais da Carta Magna e condenada até mesmo pela própria Organização Mundial de Saúde, nas palavras do Dr. David Nabarro: “O lockdown não salva vidas e faz os pobres muito mais pobres.”.

A nota é assinada pelo presidente do CRM-DF, Farid Buitrago Sanchez, e cita, dentre diversos outros pontos, que “A restrição ainda maior de liberdade causa o aumento da incidência de transtornos mentais e agravamento das demais doenças crônicas, além de prejuízo irremediável à economia, provocando desemprego, fome, violência e, por conseguinte, mais caos à saúde”.

A nota cita ainda que “O lockdown certamente não resolverá estes problemas da saúde, e ainda agravará a condição social daqueles que perderam acesso à saúde suplementar por perda de emprego e planos de saúde”.

 

Veja a nota na íntegra