//

Brasil vence Filipinas e vai disputar vaga olímpica contra a Letônia

peixe-post-madeirao-48x48

Brasil vence Filipinas e vai disputar vaga olímpica contra a Letônia

peixe-post-madeirao

Seleção masculina de basquete reage e enfrentará os donos da casa

A seleção brasileira masculina de basquete venceu as Filipinas por 71 a 60 neste sábado (6), em Riga, na Letônia, pelo torneio Pré-Olímpico. Com esse resultado, o Brasil garantiu vaga na final contra a Letônia, que será disputada neste domingo (7), às 13h (horário de Brasília). O vencedor estará classificado para os Jogos Olímpicos de Paris.

Início difícil, mas recuperação no segundo tempo

Assim como nos jogos anteriores contra Montenegro e Camarões, o Brasil teve dificuldades no início e foi para o intervalo atrás do placar. As Filipinas abriram 22 a 12 no primeiro quarto e encerraram o primeiro tempo vencendo por 33 a 27.

No segundo tempo, o Brasil reagiu com uma sequência de pontos, virando o jogo completamente. Bruno Caboclo foi o destaque, marcando 15 pontos e pegando 11 rebotes. No terceiro quarto, o Brasil venceu por 24 a 6, controlando o jogo até o fim e garantindo a vitória.

Letônia na final

Mais tarde, a Letônia derrotou Camarões por 72 a 59, assegurando sua vaga na final contra o Brasil. O Brasil enfrenta uma situação semelhante à de três anos atrás, quando disputou o Torneio Pré-Olímpico em Split, na Croácia, em busca de uma vaga para Tóquio.

Mudança de técnicos e estratégias

Naquela ocasião, o técnico era Aleksandar Petrovic, que agora voltou a comandar a seleção após Gustavo De Conti deixar o cargo no início de 2024. Petrovic, que levou o Brasil à final em 2021, vê diferenças significativas entre as campanhas.

“A diferença daquela vez para esta é enorme. Lá, jogamos um basquete perfeito, com três vitórias de quase 30 pontos, contra Croácia, México e Tunísia. E não soubemos sofrer quando chegou a Alemanha na final. Agora estamos sofrendo talvez até demais, mas quem sabe sejamos recompensados”, disse Petrovic em entrevista coletiva.

Confiança para a final

O armador Georginho, que também fez parte do time de 2021, está confiante em um desfecho diferente desta vez. “Jogos difíceis como o contra Camarões e o de hoje criam um time mais forte, mais unido e fazem a nossa energia subir. Mesmo confiantes, seguimos com a guarda alta. Isso é bom. Amanhã [domingo] sabemos que podemos fazer diferente. Estamos prontos para ir a Paris”, afirmou o jogador, que terminou a partida com oito pontos, quatro rebotes e três assistências.