Após casal ser preso por tráfico e porte ilegal de arma, polícia encontra 31 relógios e vários objetos sem nota fiscal em casa de Vista Alegre, RO

peixe-post-madeirao

Após casal ser preso por tráfico e porte ilegal de arma, polícia encontra 31 relógios e vários objetos sem nota fiscal em casa de Vista Alegre, RO

peixe-post-madeirao
Após casal ser preso por tráfico e porte ilegal de arma, polícia encontra 31 relógios e vários objetos sem nota fiscal em casa de Vista Alegre, RO

Três motos usadas pelos suspeitos foram encontradas na casa do comparsa de Daniel. Revólver foi apreendido com suspeito e as outras armas estavam na casa do comparsa
Batalhão de Fronteira/Divulgação
Um casal, sendo o homem foragido da Justiça, foi preso por tráfico de drogas e porte ilegal de arma no distrito de Vista Alegre do Abunã, neste final se semana, em Porto Velho. Na residência do casal foram encontradas armas e produtos como perfumes, 31 relógios e facas, todos sem nota fiscal. Três motocicletas usadas nos crimes também foram apreendidas na casa de um comparsa.
Segundo o Batalhão de Polícia de Fronteira e Divisas (BPFRON), a localização do foragido foi dada por meio de denúncia, onde a pessoa relatou ainda que o acusado Daniel Diniz dos Santos estava armado e em posse de produtos de roubos e furtos.
A guarnição foi ao endereço repassado e com a aproximação da viatura, o suspeito correu para tentar fugir. Foi dada a voz de parada e Daniel foi detido.
Em revista pessoal, os policiais encontraram na cintura do foragido um revólver calibre 38, carregado com quatro munições intactas e uma munição deflagrada. Diante dos fatos foi dado voz de prisão a Daniel.
A esposa de Daniel, que estava atrás dele, foi abordada e os policiais realizaram a busca na bolsa dela, onde foram encontrados dois tabletes de maconha e, por isso, ela também recebeu voz de prisão.
Questionada sobre onde estava a motocicleta que era usada durante os roubos, informação repassada pelas vítimas do crime à polícia, a esposa do foragido contou que o veículo estava com um comparsa de Daniel.
Após o flagrante, o casal foi encaminhado à 9° Delegacia Regional de Extrema.
Objetos suspeitos na casa
Durante revista no interior da residência em que o casal mora, os policiais encontraram os seguintes produtos sem procedências e sem notas fiscais:
8 perfumes;
31 relógios;
10 canivetes;
3 facas;
3 fones de ouvido;
11 sabonetes;
6 bolsas;
2 lençóis de cama;
2 tapete de chão;
1 conjunto de pano de prato;
4 edredons;
1 cortina;
1 ferramenta de plantio de sementes manual;
1 Espingarda carabina de marca: puma, calibre 38;
1 notebook com dois carregadores;
3 celulares;
1 tarrafa de pesca
1 esquadro de carpinteiro;
9 correntes para motosserra
Motos na casa do comparsa
Uma equipe do BPFRON foi ao endereço do comparsa, conforme endereço citado pela esposa de Daniel. No local, o pai do comparsa informou aos policiais que o homem não estava, mas autorizou a entrada da polícia na casa.
No local foram encontradas 35 munições intactas de calibre .357,sendo três cartelas contendo 10 munições cada e cinco munições separadas, mais três cápsulas deflagradas, uma espingarda de calibre 12 contendo dois cartuchos de metal deflagrados, uma espingarda de calibre 20 contendo três cartuchos intactos e um deflagrado.
A moto usada durante os crimes, uma Honda Broz, foi encontrada na casa do comparsa com a lataria pintada em outra cor. O veículo foi apreendido e entregue na Delegacia da Polícia Civil de Extrema.
Motos usadas nos crimes foram apreendidas pela polícia
Batalhão de Fronteira/Divulgação
O pai do suspeito não soube informar a procedência das armas. Ele foi conduzido à delegacia para prestar os devidos esclarecimentos. Na unidade policial, o homem tentou contato com o filho, mas não conseguiu.
Na residência também tinha outras duas motocicletas, uma Titan, que foi entregue ao pátio da Ciretran em Vista Alegre do Abunã e a outra, uma Honda Fan, que estava abandonada, entregue na delegacia de Extrema.
A ação da polícia faz parte da operação Hórus, do programa V.I.G.I.A, com integração das forças de segurança pública do Rondônia, Batalhão de Polícia de Fronteira e Divisas (BPFRON) e 9° Batalhão por meio da guarnição de Vista Alegre do Abunã.
VÍDEOS: veja mais notícias de Rondônia