Browse By

Porto Velho: Secretaria de Saúde alerta aos pais sobre a vacinação contra meningite

Nesta sexta-feira, 18, alunos e professores da Escola Municipal Maria Isaura, em Porto Velho, onde estudava a menor de 6 anos de idade que faleceu na quarta-feira,16, vitima de meningite tipo C, foram vacinados contra a bactéria meningococo C. O cartão de vacina também foi atualizado.
“A morte da criança foi uma fatalidade, ela era a única da turma que nunca havia sido vacinada, assim como os irmãos que também estudam na escola. Por conta disso, vamos intensificar a vacinação”, frisou Elizeth Gomes, gerente de Imunização da Semusa.
“Fizemos um levantamento dos cartões de vacina dos alunos e a maioria já está imunizada contra a doença”, completou Elizeth Gomes. Ela garantiu que não há surto. “Este foi um caso isolado”, declarou, acrescentando que “até uma gripe mal curada pode evoluir para a meningite, por isso é importante também que seja feita a vacinação contra a gripe”.
A coordenadora de Epidemiologia do Agravo de Meningite, Rosinete da Paz, afirmou que o caso foi notificado no dia 10 de maio e imediatamente o serviço de epidemiologia da Semusa entrou em contato com a família para que fosse feito a profilaxia de todos os mebros da família.
“Nós entramos com a medicação necessária, mas é importante ressaltar que a vacinação é única forma de prevenção”.
A Semusa alerta aos pais e responsáveis sobre a importância de manter o cartão de vacina da criança atualizado para evitar novos casos. A vacina está disponível em todas as unidades da rede básica da saúde a partir dos 3 meses de idade com reforço de doses aos 5 e 7 meses, e depois com 1, 3 e 7 anos. Em 2018 o Ministério da Saúde ampliou a faixa etária para o reforço para crianças de 11 a 14 anos.